in ,

Repórter da Globo não contém emoção ao noticiar culto da tragédia de Taguaí-SP

Esdras Pereira se emocionou ao lembrar que Taguaí é pequena e vive dias difíceis

O repórter Esdras Pereira, da Globo, não conseguiu conter a emoção durante uma entrada ao vivo para noticiar o culto ecumênico das vítimas do grave acidente ocorrido quarta-feira passada (25) em Taguaí-SP, que deixou 42 mortos.

Esdras Pereira participava ao vivo do “Bom dia São Paulo” desta segunda-feira (30) e comunicou, primeiramente, o falecimento da 42ª vítima do acidente, que teve sua morte cerebral confirmada pela Secretaria de Saúde de Avaré do domingo (29).

Em seguida, o repórter não conseguiu segurar a emoção ao lembrar que a cidade de Taguaí é pequena e vive dias difíceis por conta da tragédia.

“Conversei com algumas pessoas aqui, Rodrigo (Bocardi, apresentador do programa), a cidade é pequena né, quase 15 mil habitantes. Então, clima difícil aqui  As pessoas comparam com a tragédia da Chapecoense, a gente tá vivendo dias de muita dificuldade nessa cobertura. É muito díficil ter o que falar Rodrigo, a gente também acaba se emocionando”, disse Esdras, já com a voz embargada.

Em seguida, ao notar a emoção do colega, Rodrigo Bocardi decide falar.

“A gente sabe o quanto não é fácil isso pras pessoas, pros familiares, pros parente, o quanto é difícil pra cobertura. O que a gente deseja é força pra todo mundo pra superar esse momento”, disse Rodrigo, enquanto também era possível escutar Esdras Pereira chorando.

Confira:

Veja também:
Clínica de estética pega fogo e paciente sedada é abandonada lá dentro
Comente com o Facebook
ivy

Ivy Moraes descobre traição do noivo dias antes de casamento, diz colunista

paula fernandes

Paula Fernandes investe em tratamento para manter-se ‘sempre jovem’