in ,

Sobrinho de Gugu pede adiantamento da herança, mas Justiça nega

O apresentador, que morreu em 2019, deixou 25% de seu patrimônio para os sobrinhos

Como é de costume em casos assim, a herança deixada pelo apresentador Gugu Liberato ainda deve demorar um bom tempo antes de chegar às mãos de quem foi destinada. Um dos sobrinhos do artista, no entanto, parece estar apressado para receber sua parte.

Após a morte de Gugu, que sofreu um acidente dentro da própria casa em Orlando, nos Estados Unidos, em novembro de 2019, um testamento feito por ele em 2011 definiu que sua herança deveria ser dividida 75% para seus três filhos, João Augusto, Marina e Sofia, e os outros 25% para os cinco sobrinhos do apresentador. O desejo foi mantido.

Veja também:
Maria do Céu gostaria de conhecer quem recebeu os órgãos de Gugu

Acontece que Alexandre Liberato decidiu recorrer à Justiça para pedir um adiantamento de sua parte. As informações são do colunista Leo Dias, do jornal Metrópoles.

O patrimônio de Gugu foi avaliado em R$ 1 bilhão. Sendo assim, Alexandre terá direito – um dia – a R$ 50 milhões. Ele não queria receber todo o dinheiro por agora, mas solicitou um adiantamento de R$ 900 mil – que foi negado pela Justiça.

A negativa tem precedentes e até que faz sentido: a herança de Gugu é fruto de uma intensa batalha judicial que se iniciou poucos dias após a morte. Deixada de fora do testamento, a médica Rose Miriam di Matteo briga para ser reconhecida como viúva do apresentador, com quem alega ter tido uma união estável.

Veja também:
Rose Miriam posta vídeo e relembra um ano da morte de Gugu Liberato

Rose Miriam é mãe dos três filhos de Gugu, que são os herdeiros legítimos até o momento. Alexandre, por sua vez, tem 36 anos e é o filho mais velho de Amandio Liberato, irmão de Gugu.

Família de Gugu exige que irmão de Rose Miriam saia da mansão

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

marieta severo

Aos 74 anos de idade, Marieta Severo recebe alta e já está de repouso em casa

marcão do povo campo de concentração

Marcão do Povo se desculpa por ter sugerido campo de concentração no SBT