in ,

‘BBB 20’: namorada de Petrix quebra silêncio e o defende das acusações de assédio

Jovem alemã teve o perfil ‘invadido’ por brasileiros que a aconselharam a terminar o relacionamento

Após ter seu perfil do Instagram “invadido” por brasileiros que sugeriram que ela termine o namoro com Petrix Barbosa, a modelo e triatleta alemã Joline Heitmann decidiu quebrar o silêncio sobre as acusações de assédio contra seu namorado. O ginasta é um dos participantes convidados para o Time Camarote do ‘BBB 20’, na TV Globo.

Veja também:
Brasileiros invadem Instagram da namorada de Petrix, do 'BBB 20', e sugerem: 'fuja!'

A jovem, que não fala português, que não considera as ações criticadas pelo público como forma de assédio. Ela saiu em defesa do namorado e garante que permanecerá ao lado dele. Quem conseguiu o contato e as declarações foi a colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’.

“Tudo que eu posso dizer é que sempre estarei esperando por ele. Não importa o que as pessoas digam, eu estarei ao lado dele. Eu o conheço melhor que a mim mesma e ele é a melhor pessoa que eu conheço. Isso não é assédio”, garantiu a alemã.

Nas redes sociais, os usuários relembram o caso em que Petrix Barbosa foi o primeiro a denunciar seu treinador em um episódio de assédio, tentando argumentar que ele entende os males de uma situação desse tipo.

As polêmicas de Petrix Barbosa no ‘BBB 20’

A revolta do público brasileiro com relação à postura de Petrix Barbosa no ‘Big Brother Brasil’ teve início graças ao comportamento do ginasta durante a primeira festa que aconteceu na casa. Na ocasião, ele foi acusado de assédio após ter tocado e sacudido os seios da influenciadora digital Bianca Andrade, a Boca Rosa.

Veja também:
'BBB 20': Petrix é acusado de assediar Boca Rosa e internautas pedem expulsão

Essa foi apenas uma das inúmeras situações que têm incomodado o público do reality show global. Em outro momento que os telespectadores não perdoaram, Petrix fez um comentário maldoso dizendo que “faltou qualidade” nas meninas selecionadas para esta edição do programa – ele se referia à beleza das integrantes femininas do elenco que, para ele, “deixou a desejar”.

Além disso, o atleta articulou todo um plano de jogo que fez a casa se voltar contra o participante Pyong Lee. A estratégia não foi bem vista pelo público e a situação ainda piorou quando ele indicou, como líder, a amiga Boca Rosa para o primeiro ‘Paredão’ da edição.

Nesta quarta-feira (29), o ginasta voltou a ser acusado de assédio em três novas situações. Durante uma festa em sua homenagem, Petrix apareceu abraçando a influenciadora digital Mari Gonzales por trás, com as mãos próximas aos seios.

“Toda festa ele vai dar um jeito de tocar no peito de alguma mulher, é isso mesmo?”, questionou uma internauta. “Coitada da namorada dele, se faz esses absurdos em rede nacional.. imagina o que não faz em off”, disse outra.

Veja também:
Ex-BBB Jonas vira chacota na web após vídeo chorando sobre polêmica no 'BBB 20'

Mais cedo, Petrix já havia incomodado os telespectadores com uma situação em que deu uma “sarrada”, de novo, em Bianca Andrade. Um terceiro ato, ainda mais preocupante, vem sendo repercutido com fúria pelos internautas: enquanto Flayslane estava caída no chão, visivelmente alcoolizada, ele sentou em sua cabeça.

Assistindo à cena, Felipe, Hadson e Lucas riram da situação e fizeram piada do fato de ele ter esfregado os órgãos íntimos no rosto da colega: “É o Quebra-Nozes”.

No mínimo outras duas situações similares também estão sendo apontadas pelos usuários das redes sociais, que insistem que a produção do programa deve expulsar o participante do reality show.

Confira os três momentos citados:

Veja também:
Perfil de Boca Rosa no Instagram 'vende' roupa que ela usou ao vivo no 'BBB 20'

Comente com o Facebook
tiago abravanel

Casado há 5 anos, Tiago Abravanel fala pela primeira vez sobre marido

felipe prior

‘BBB 20’: vaza suposta foto íntima de Felipe Prior com outro homem