in ,

Ex-Pânico, Carlinhos Mendigo deve R$ 680 mil em pensão e está foragido, diz TV

Humorista tem filho de 8 anos com Aline Hauck, ex-assistente de palco de Gugu Liberato; imbróglio relacionado a pagamentos já é antigo

O humorista Carlinhos Silva, ex-integrante do ‘Pânico’ conhecido pelo personagem Mendigo, voltou a se envolver em uma polêmica relacionada à pensão do filho de 8 anos que tem com Aline Hauck, ex-assistente de palco de Gugu Liberato.

De acordo com informações do programa ‘Balanço Geral’, da Record TV, ele estaria sendo procurado pela polícia por não pagar a pensão alimentícia da criança. O programa afirma que Carlinhos Mendigo tem uma dívida de mais de R$ 680 mil com o filho.

O ‘Fofocalizando’, do SBT, conseguiu contato com Carlinhos Mendigo e ele quebrou o silêncio sobre o assunto e tentou se defender nesta sexta-feira (13). Ele alega que a Justiça não o respeita, assim como a mãe da criança, e que por isso deixou de pagar a pensão.

“Estou cuidando da minha cabeça, isso que me leva a crer que vai dar tudo certo. Tenho dois acordos assinados que não foram cumpridos. Parei de pagar a pensão porque não existe penitência para a mulher. A Justiça e a mãe do meu filho não me respeitam. Tenho todos os documentos. Não é possível que chegou a esse ponto! Há 6 anos não tem acordo. Para eles, virou questão de honra me colocar na prisão. Sei o que o menor precisa. Acabaram com a minha família, não sei o que meu filho pensa de mim. Por que tenho que respeitar a Justiça se ela não me respeita?”, disse.

“A minha cobertura, que é maravilhosa, está penhorada. Não posso trabalhar para pegar a pensão. Sou um pai injustiçado, sempre implorei para estar com meu filho. Dinheiro vai depois, primeiro é meu filho. Tentei de novo o acordo, pagar escola, plano de saúde e comida. Mas ela não quer acordo! A pensão está em quase 7 mil reais e eu tenho que trabalhar”, completou.

Por fim, o comediante insiste na ideia de que não pagará os valores que deve. “Caso eu vá preso hoje, deve ter uma festa preparada. Quando eu descobri que o problema não era mais dinheiro, deixei de pagar. Eu perco tudo, volto para a m****, mas não dou um centavo. Ninguém vai devolver os oito anos de vida do meu filho. Meu apartamento está penhorado, preciso trabalhar. Que direito do menor esses caras defendem?”, finalizou.

Polêmica já é antiga

Em entrevista ao ‘Câmera Record’ em setembro do ano passado, Carlinhos Mendigo já havia afirmado categoricamente que se nega a pagar a pensão do filho e não tem medo de consequências na Justiça.

“Se for pra ser preso, eu vou. Mas não vou mais pagar pensão pra não ver meu filho. Não tenho medo de cadeia. Criança virou um bem, virou um carro, se eu não pagar, eu não ando”, criticou.

Em seguida, complementou: “E mesmo se eu tivesse, eu não iria pagar. A não ser que ela pague o tempo que eu perdi com meu filho.”

Veja:

Após o assunto ganhar repercussão, Aline Hauck publicou prints de mensagens que teria enviado para Carlinhos Mendigo em suas redes sociais, além do registro de momentos como o dia em que levou o filho para dar um bolo de aniversário ao pai.

“Ao contrário do que foi falado por ele mesmo no programa de televisão, que foram feitos vários boletins de ocorrência porque a mãe proibia a visitação do pai com o filho. Que Justiça é essa? Que nunca faz nada com essa mãe? Mentiroso!”, reclamou.

“Ai gente, seria tão bom se eu pudesse expor algumas coisas pra vocês. Aí vocês iam entender quem é quem. Mas tem muita coisa que eu não posso, meu filho não merece. Cada um lavando a sua roupa suja. Mas quem começou foi ele!”

A ex de Carlinhos Mendigo ainda afirmou que o período que não recebe pensão é maior do que o alegado por ele: “A questão não é conseguir mais pagar. Nunca pagou. São 6 anos na Justiça e eu não quis expor isso porque não quis expor meu filho. Dois anos aonde?”

“São 6 anos sem pensão! Dois é no mundo, né? E dizer que ele paga pouco e quero mais? Palhaçada! Cuidado com o que se fala, há consequências!”, escreveu.

Veja:

prints 1

Carlinhos Mendigo, por sua vez, rebateu as falas de Aline: “A mãe postou várias coisas me difamando, mas eu só trabalho com verdades e fazendo o bem, mesmo quando deslizo. Homem é o que sou.”

“O amor não se compra… Dinheiro é dinheiro, amor é grátis. A criança precisa do básico, porém, sempre mandei além disso. Paguei até janeiro desse ano. Nunca posso ver, sempre fui impedido, sempre tinha que ir com polícia, juiz e blá blá blá”, contou, garantindo que possui cerca de 30 boletins de ocorrência envolvendo o caso.

“Cumpri durante seis anos, só que uma hora cansa ser trouxa e palhaço e ninguém te ajudar, muito menos a Justiça.”

“Pensão foi aprovada em lei para ajudar no básico do filho. Depois de um tempo, elas já querem 30% do que o pai ganha… Que tal trabalharmos e vivermos a nossa realidade, e não querermos ter e viver invejando a vida do outro?”

Por fim, o humorista partiu para um tom mais ofensivo: “Existem três pensões: a da lei, a que o pai tem condições de pagar e a que elas querem ganhar. […] Por raiva e vingança, a mulher é o pior bicho que tem, e elas sabem!”

prints 2

Confira as famosas que foram obrigadas a pagar pensão para seus ex-maridos

Comente com o Facebook
acidente de kart

Jovem que teve couro cabeludo arrancado em acidente de kart celebra melhora

demi moore

Demi Moore posa sem roupas aos 56 anos e impressiona internautas