in ,

Loja diz que demitiu envolvido em polêmica de racismo – mas ele é filho da dona

Após pressão na internet, Papel Craft alegou que demitiu o “funcionário” envolvido no caso

Fotos: Reprodução/Instagram

O instrutor de surfe Matheus Ribeiro denunciou que foi vítima de racismo no último sábado (12) no bairro Leblon, no Rio de Janeiro, ao ser abordado e acusado por um casal branco de ter roubado uma bicicleta elétrica.

A história foi compartilhada pelo próprio Matheus nas redes sociais e acabou viralizando e gerando vários desdobramentos.

Tomás Oliveira e Mariana Spinelli viram Matheus montado na bicicleta e chegaram à conclusão de que ele havia roubado a bike dela.

Veja também:
Youtuber Derick Silverio ameaça suspeito de racismo com arma de fogo

O jovem, morador do Complexo da Maré, contou que ele estava na porta do shopping esperando a namorada quando tudo aconteceu. O casal só acreditou que a bicicleta era mesmo dele após, sem permissão, tentarem – sem sucesso – abrir o cadeado.

Internautas do Brasil inteiro comentaram a situação criminosa e constrangedora que Matheus passou em pleno Dia dos Namorados.

Racismo: jovem é demitido após polêmica

Ao descobrirem que Tomás era funcionário da Papel Craft, uma papelaria de grife carioca, questionaram à empresa se ele não seria demitido após a situação.

O perfil oficial da Papel Craft respondeu dizendo que Tomás Oliveira tinha sido desligado da empresa. Clientes comemoraram o posicionamento.

Contudo, nesta quarta-feira (16) as pessoas descobriram que Tomás é filho da empresária Malica Araújo, que é ninguém mais ninguém menos que a dona da Papel Craft!

Veja também:
Jovem posta foto com comentário racista no Carnaval e perde emprego; entenda

O jovem trabalhava como designer na empresa da mãe. Após pressão na internet, a Papel Craft anunciou sua demissão.

Veja a captura de tela de uma cliente cobrando posicionamento da papelaria:

Foto: reprodução
Foto: Reprodução

Namorada também perdeu o emprego

Mariana Spinelli dava aulas de dança em uma companhia no Rio de Janeiro – e após repercussão da história, também foi demitida.

Matheus Ribeiro foi convidado a participar do ‘Encontro com Fátima Bernardes’ nesta quarta-feira (16). Nas redes sociais, ele publicou fotos acompanhadas de um texto falando sobre resistência.

“A toda discriminação racial, resistência. A todo abuso de poder policial, resistência. A qualquer tratamento com indiferença ao negro, resistência. A todos os negros que sofrem com o racismo dessa sociedade hipócrita dia após dia, toda a voz, coragem e força pra gritar que não aguentamos mais ser tratados desta forma e que esse assunto deve ser visto com seriedade por toda a sociedade”, escreveu ele.

Confira a publicação de Matheus denunciando a atitude racista de Tomás e Mariana:

Camilla de Lucas desistiu de ser modelo após fala racista na adolescência

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Isabeli Fontana

Zion, filho da modelo Isabeli Fontana, passa por cirurgia de alto risco

Durante missa, padre chama repórter da Globo de ‘viadinho’ e ele rebate