in ,

Reviravolta! Polícia prende o verdadeiro ladrão de bicicleta no Leblon (e ele é branco!)

Homem branco de 22 anos tem 28 anotações criminais, sendo 14 delas por furto de bicicletas

Fotos: Reprodução/Instagram e Divulgação/Polícia Militar

Após intensa repercussão e polêmica do ‘caso de racismo do Leblon‘, o setor de inteligência da 14ª Delegacia de Polícia identificou, localizou e prendeu o verdadeiro ladrão da bicicleta elétrica roubada no Rio de Janeiro no último sábado (12).

A história começou quando Tomás Oliveira abordou o instrutor de surfe Matheus Ribeiro, acusando-o de ter roubado a bicicleta elétrica de sua namorada, Mariana Spinelli.

O jovem, que nasceu no Complexo da Maré, negou – afinal, era o verdadeiro dono da bicicleta em que estava. Somente quando o casal percebeu que a chave da garota não abria o cadeado da bicicleta de Matheus, saíram de perto.

Veja também:
Loja diz que demitiu envolvido em polêmica de racismo - mas ele é filho da dona

Matheus gravou um vídeo e postou nas redes sociais denunciando ter sido vítima de racismo naquele dia, pois por ser negrotiveram a certeza de que a bicicleta que ele estava usando era roubada.

O vídeo viralizou e a história se espalhou. Quase uma semana depois, o verdadeiro ladrão foi preso e um detalhe não poderia ter sido escrito nem pelos melhores roteiristas do cinema: ele é branco.

Reviravolta no caso de racismo do Leblon

Igor Martins Pinheiro, um homem branco de 22 anos, foi identificado pelas câmeras de vigilância da região e encontrado em seu apartamento no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. Ele tem 28 anotações criminais – 14 delas por furto de bicicleta.

Veja também:
Youtuber Derick Silverio ameaça suspeito de racismo com arma de fogo

A delegada Natacha Oliveira deu entrevista ao ‘RJTV’, da TV Globo, e disse que foram encontradas a bermuda que ele utilizava no dia do crime e a ferramenta usada para soltar o cadeado da bicicleta. O bandido foi preso.  

“O nosso núcleo de inteligência realizou a requisição das imagens do circuito de monitoramento, através das quais foi possível identificar o autor como o Igor que já era um conhecido por ser um criminoso apresentando uma extensa folha de anotações criminais dentre elas, 14 por furto de bicicleta e com isso, iniciamos diligências sendo possível efetuar sua detenção no momento que o mesmo saía de sua residência”, contou ela.

Rodrigo Bocardi comete gafe ao vivo na Globo e é acusado de racismo na web

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

faustão

Famosos se indignam com a Globo por afastamento de Faustão sem despedida

felipe neto

Antonia Fontenelle associa Luccas e Felipe Neto à pedofilia e é processada