in , , ,

Caso Miguel: Fátima Bernardes chora ao conversar com mãe de menino morto

Mirtes Renata Souza deu entrevista para a apresentadora nesta sexta-feira (5) no ‘Encontro’

Foto: Reprodução/TV Globo

A apresentadora Fátima Bernardes não conseguiu segurar a emoção e acabou chorando, ao vivo, ao entrevistar Mirtes Renata Souza – a mãe do menino Miguel, morto nesta terça-feira (2) ao cair do 9º andar de um prédio em Recife, Pernambuco. Ele tinha apenas 5 anos de idade.

O caso é extremamente triste e revoltante: filho da empregada doméstica que precisou levar o garoto para o trabalho, Miguel foi morto por negligência da patroa, que deixou o pequeno sozinho nos corredores do prédio.

Veja também:
Jogador de futebol confessa que assassinou filho de 5 anos: 'nunca gostei dele'

Mirtes trabalhava na casa do prefeito do município de Tamandaré (PE), Sérgio Hacker (PSB), e sua mulher, Sarí Mariana Gaspar da Corte Real. No período da tarde, ela saiu para passear com os cachorros da patroa e precisou deixar Miguel aos cuidados dela.

Quando Mirtes voltou para prédio de luxo onde o casal mora, viu o menino caído no chão. Ele ainda estava vivo, foi socorrido e levado para o hospital, mas não sobreviveu à queda do 9º andar.

Enquanto sua mãe estava fora, câmeras de segurança filmaram Sarí apertando o botão do elevador e deixando o menino subir sozinho. Chegando lá, ele acabou se desequilibrando e caindo de uma altura de mais de 30 metros.

Sarí Mariana Gaspar da Corte Real foi acusada de homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). Após o pagamento de uma fiança de R$ 20 mil, ela foi liberada.

O caso vem gerando comoção geral nas redes sociais no Brasil. As pessoas estão assinando uma petição para que a justiça seja feita neste caso.

A mãe do menino chegou a afirmar que, se fosse ela quem estivesse responsável por cuidar dos filhos de Sarí, ela já estaria presa e sem direito de defesa.

Ao ouvir o relato de Mirtes, ao vivo, no ‘Encontro’ desta sexta-feira (5), Fátima afirmou, com a voz embargada: “Você está sendo muito forte”.

Veja também:
Caso Madeleine: após 13 anos sem respostas, polícia descobre novo suspeito

“Que seu coração fique em paz pelo menino feliz que você teve com você. E tenha certeza que muitas lágrimas e orações estão se juntando às suas. Nós não estamos aqui para julgar ninguém, apenas para pedir justiça e que o caso não seja esquecido”, completou Fátima.

Assista:

Quem também acabou confessando que caiu no choro com o relato de Mirtes foi o pagodeiro Thiaguinho. Utilizando suas redes sociais, ele contou que assistiu à entrevista da mulher para Fátima.

“Meu povo preto sendo tratado com diferença ainda. Por que ainda? Eu estou cansado disso, desde que eu era o Miguel. São tantas coisas inadmissíveis”, escreveu ele.

“Vamos entender de uma vez por todas que precisamos falar sobre racismo no Brasil? Porque ele existe, só não vê quem não quer. Não somos tratados iguais. Não temos as mesmas oportunidades”, completou.

“Acabei de te ver falar. Chorei contigo! Sinto sua dor! Minha família sente sua dor… Meu povo sente sua dor. Espero que a morte do seu filho não fique impune! E que a justiça dos homens entenda que não é normal colocar uma criança de cinco anos sozinha no elevador para ela procurar pela mãe”, finalizou o cantor.

‘Cidade Alerta’: mãe descobre, ao vivo, que sua filha foi assassinada

Comente com o Facebook
Fotos: reprodução / Instagram

Vanessa da Mata termina noivado após casamento adiado pela pandemia

miguel falabella

Após 38 anos de trabalho, Miguel Falabella é demitido da TV Globo