in ,

Felipe Neto pensa em sair do país por causa do governo: ‘não tá dando’

Influenciador digital declarou estar decepcionado e afirmou que pensa muito em ‘desistir’: ‘declarar esse governo como vencedor e ir viver em outro canto’

Foto: Reprodução/Youtube

O youtuber Felipe Neto está decepcionado com o governo do Brasil e, na noite desta quarta-feira (25), manifestou desejo de se mudar de país. Utilizando sua conta do Twitter, ele desabafou e declarou que pensa muito em “desistir” – em suas palavras, “declarar esse governo como vencedor e ir viver em outro canto”.

O desabafo veio acompanhado de uma notícia do jornal ‘O Globo’, que dava desdobramentos do caso da menina Ágatha Félix, de 8 anos, assassinada por uma bala perdida na cidade do Rio de Janeiro. O veículo revelou que a perícia não conseguiu determinar de que arma a bala teria saído.

Com indignação, Felipe Neto afirmou que esse tipo de notícia o leva a se sentir mal e ter vontade de ir morar em outro lugar do mundo.

“Sinceramente, estou com muita vontade de desistir. Ir embora. Declarar esse governo como vencedor e ir viver em outro canto. Não tenho mais estômago pra suportar isso. Estou enjoado, com ânsia de verdade, vontade de vomitar. Não tá dando pra mim”, escreveu o influenciador digital.

Veja:

Entre comentários de apoio e solidariedade, o influenciador digital acabou recebendo diversas respostas com ataques de pessoas que corroboram com o governo de Jair Bolsonaro.

“Quando vc vai? Vai pra Venezuela? Cuba? França? Acho que vai se dar bem”, respondeu uma pessoa. “É só passagem que falta?”, atacou outro.

Ameaças a Felipe Neto

Recentemente, após receber inúmeras ameaças de morte, Felipe Neto precisou levar a própria mãe para se esconder em outro país. Ele registrou boletins de ocorrência com a polícia e chegou a cancelar a participação em um evento na semana passada, alegando “risco iminente” com a exposição.

Na ocasião, o youtuber declarou considerar estarrecedor que “um indivíduo seja impossibilitado de se manifestar e lutar contra qualquer tipo de censura e opressão sem ser ameaçado”.

“Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem”, afirmou.

Nas redes, ele ainda disse: “Já tirei minha mãe do Brasil e estou vivendo com o mínimo possível de exposição. Manterei vocês sempre informados”.

Comente com o Facebook
matheus mazzafera (je)

Matheus Mazzafera acusa YouTube de homofobia velada: ‘menos apoio’

maria zilda

Climão! Maria Zilda reclama pela ausência de Ana Maria Braga no ‘Mais Você’