in ,

Filho adotivo registra queixa e pede prisão de Cid Moreira: ‘homofobia e trabalho infantil’

Justiça analisa pedido feito por Roger Moreira contra o jornalista e a atual esposa dele

Fotos: Reprodução/YouTube/Instagram

Não é de hoje que Roger Moreira, filho adotivo de Cid Moreira, faz acusações contra o antigo âncora do ‘Jornal Nacional’.

O jovem agora pede a prisão do pai pelos crimes de homofobia e trabalho infantil. Maria de Fátima, atual esposa de Cid, também é acusada no processo judicial.

Roger Moreira alega que logo após ser adotado, aos 13 anos de idade, Cid Moreira tentou devolvê-lo quando descobriu que ele era homossexual.

Além disso, o jornalista de 94 anos supostamente obrigava o adolescente a trabalhar, acompanhá-lo em compromissos e até era levado para ambientes inadequados para um menino de sua idade.

Para piorar, Roger ainda acusa Cid Moreira de tê-lo impedido até mesmo de estudar. A história começou a ser exposta no final de 2021 e repercutiu bastante nas redes sociais.

Cid Moreira e Maria de Fátima negam as acusações e meses atrás chegaram a postar vídeos ironizando as denúncias feitas por Roger e também pelo outro filho de Cid, Rodrigo Moreira.

Segundo o documento protocolado na Justiça, Roger alega que o objetivo de Cid Moreira ao adotá-lo era teruma espécie de empregado, por isso o submetia a uma rotina exaustiva de compromissos profissionais.

Roger Moreira alega, ainda, que Cid Moreira não conseguiu deserdá-lo. Diante disso, tirou tudo o que tinha dado para o filho sobreviver, como o “estúdio de gravações, a moradia”.

O jornalista e a esposa teriam feito o possível para prejudicar Roger, até transferir parte do patrimônio para terceiros.

Veja também:
Mãe que viu adolescente ser atropelado e morto está 'em estado de choque'

Afrontou o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e burlou a lei de adoção ao tentar deserdar o filho”, diz Roger contra o pai, Cid Moreira.

De acordo com um advogado, se condenado, Cid Moreira pode receber uma pena que passe de 10 anos de reclusão. 

Em entrevista ao jornal ‘Metrópoles’, o advogado Daniel Blanck (que não tem nada a ver com o caso, apenas analisou a situação) esclareceu que:

“Uma das possibilidades é deserdação por parte de Cid Moreira em relação ao filho: No caso do filho de Cid Moreira, o mesmo é considerado pela lei herdeiro necessário (descendente direto com direito à parcela da herança). Após finalizado o processo de adoção, ele se torna imutável. Ou seja, filho com todas as garantias da lei. Como se de sangue fosse”. 

Ainda segundo o especialista, Cid Moreira pode tirar Roger do testamento. 

“Apesar do termo deserdação ser utilizado de forma genérica para indicar toda e qualquer modalidade de afastamento de herdeiro da sucessão, é aplicável somente às hipóteses de exclusão de herdeiro necessário, pois para excluir da sucessão os herdeiros não necessários, não é preciso deserdá-los. Basta que o autor da herança disponha em testamento de seu patrimônio, sem os contemplar“, afirmou Daniel em entrevista a Leo Dias.

O fato é que o Ministério Público está investigando as denúncias de Roger e vai averiguar a necessidade de prisão de um idoso de 94 anos.

“Quanto aos crimes supostamente praticados, cabe à Justiça e ao Ministério Público apurarem a ocorrência ou não, bem como a possibilidade de prisão de um idoso de 94 anos em regime fechado”, disse o advogado.

Veja também:
Série sobre assassinato de Daniella Perez por Guilherme de Pádua ganha trailer

Diante da polêmica relação, Cid Moreira resolveu se pronunciar. Através de um post feito nas redes sociais, o jornalista disse que está em paz e tranquilo.

“Dois dias depois de fazer uma pequena cirurgia de retirada de um cateter, Cid Moreira é flagrado almoçando num tradicional boteco de Petrópolis, numa boa! Vida que segue, em paz e tranquilo, aceitando os desafios da vida. Quem não os tem?(O flagra é uma brincadeira pessoal)!”, descreveu na publicação.

Advogado diz que filho quer tirar dinheiro de Cid Moreira

Fernando Ayres da Motta, advogado do ex-apresentador do Jornal Nacional, diz que as acusações de homofobia e trabalho infantil são falsas e que Roger está tentando tirar dinheiro do pai. 

“O Roger, além de ser mentiroso, está forçando essa situação para ver se tira algum (dinheiro) do pai, afirmou Fernando Ayres à coluna de Leo Dias no portal ‘Metrópoles’.

“O pedido de prisão foi distribuído no Rio de Janeiro, a sede é em Petrópolis. É tudo com intuito de ir para televisão para polemizar. Vamos dar uma resposta jurídica. Quem vai acabar preso vai ser ele”, disparou o advogado, que está movendo processos de calúnia, injúria, difamação e denunciação caluniosa e comunicação falsa de crime.

Roger foi adotado quando Cid ainda era casado com Ulhiana Naumtchyk, que era tia do adolescente.

Acontece que, por questões judiciais, Roger e Ulhiana pararam de receber um dinheiro que vinha do jornalista mensalmente. Isso teria os tirado do sério e motivado esse processo contra Cid.

“O Cid tinha um cláusula na separação dele (com Ulhiana) que o obrigava a pagar 50% de tudo que ele recebesse (à ex-esposa) até ele morrer. Então, eles (Ulhiana e Roger) teriam garantido uma pensão de 50% de tudo aquilo que ele ganhasse”. 

“Eu fui constituído na época e entrei com uma declaração para que se considerasse nula essa cláusula. E foi considerada nula, então a ex-mulher e ele (Roger), por extensão, pararam de receber. De lá pra cá, ele está querendo transformar a vida do pai em um inferno“, contou o advogado.

Veja também:
Bizarro! Anestesista estuprador ganha milhares de seguidores nas redes sociais 

Ainda de acordo com o advogado de Cid, Roger mentiu sobre a idade em que foi adotado.

Na verdade, Roger Moreira foi adotado já adulto, com 25 anos, e não com 13. “Ele foi adotado por influência da ex-mulher do Cid que era a tia (Ulhiana Naumtchyk) dele. E quando ele diz que ele foi adotado com 13 anos é mentira. Ele foi adotado com 25 anos, maior e capaz“, diz o advogado.

Para finalizar, Fernando Ayres diz que se Cid Moreira fosse homofóbico ele não teria adotado Roger.

“Ele inventou essa tese de homofobia que foi adotado aos 13 anos. Ele tem pai e mãe (biológicos) vivos e mesmo assim o Cid sempre teve a maior amizade e, de repente, ele se voltou contra ele“. 

Veja fotos de Cid Moreira com a atual esposa e com o filho, Roger:

cid moreira
Fotos: Reprodução/Instagram

‘Não quero reconciliação’, dispara Cid Moreira após acusações dos filhos

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Xuxa - Andrea Sorvetão ex paquita

‘Nunca mais quero perto de mim’, diz Xuxa sobre ‘algumas’ paquitas

Crianças autistas - Luísa e Dylan

Pai desabafa após igreja expulsar crianças autistas: ‘culto da família’