in ,

Engenheira brasileira desenvolve Fusca elétrico e quer torná-lo acessível

Moradora de Vila Velha (ES) desenvolveu sistema que faz carro rodar sem necessidade de gasolina; entenda como funciona

Foto: Thiago Coutinho/Reprodução/Tribuna Online

A engenheira eletricista Aline Gonçalves Santos, de Vila Velha (ES), desenvolveu um sistema inovador que possibilitou a criação de um Fusca elétrico. O carro modelo 1971 funciona sem necessidade de ser abastecido com gasolina.

A iniciativa é uma alternativa que pode tornar mais acessível o cenário de um carro ligado na tomada ao invés de consumindo litros e litros de combustível da bomba de gasolina – e esvaziando o bolso do brasileiro.

Veja também:
Jovem estreia CNH batendo carro em viatura policial em São Paulo

Aline Gonçalves Santos explica a relevância do projeto. “Hoje, a escassez do veículo elétrico no Brasil é muito grande. E esses veículos atualmente são muito caros, fora da realidade da maioria da população. A alternativa que a gente vê é a transformação do veículo”, defendeu ela, em entrevista publicada pelo ‘Tribuna Online‘.

O projeto levou anos de estudo para planejar e desenvolver os componentes necessários para a espécie de transição de método de abastecimento.

Foto: Divulgação/MeuVeb
Foto: Divulgação/MeuVeb

Aline Gonçalves Santos implementou o sistema elétrico no veículo em substituição ao antigo mecanismo à combustão – ou seja, ela trocou a parafernália original por um motor elétrico, 15 células de bateria de lítio e um display. O visor tem a função de exibir ao motorista informações como controle e temperatura da bateria.

A engenheira eletricista fundou a startup MeuVeb, cuja proposta é adaptar os veículos por um valor acessível e popularizá-los no mercado. O kit de conversão deve ser comercializado por R$ 45 mil – bem mais em conta do que os carros elétricos à venda no País atualmente (comercializados por cerca de R$ 200 mil).

Em seu site, a empresa da capixaba ainda explica que tem a ideia de tornar o Fusca elétrico compartilhável por meio de um aplicativo e que ele tem a capacidade de chegar a velocidade máxima de 50km/h.

Confira o vídeo:

Comente com o Facebook
Foto: Reprodução/Facebook/Christina A. Meador

Noiva deixa madrinha vestir o que quiser – e ela usa roupa de dinossauro

Foto: Divulgação/Band

Suposto vídeo íntimo de Henrique Fogaça, do ‘MasterChef’, vaza na web