in ,

Grávida morre após deck ceder durante selfie e marido quer indenização

O casal foi ao local para tirar uma foto, mas a estrutura acabou se rompendo; mulher não resistiu aos ferimentos

Flávia de Souza faleceu aos 33 anos de idade no último sábado (14), em uma trágica situação: o deck de um apartamento alugado para um fim de semana se rompeu e a derrubou. Ela estava grávida e acabou não resistindo aos ferimentos. Ela e seu marido haviam ido ao local, que tinha vista para a praia, para tirar uma selfie.

O caso aconteceu em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Marcelo Martins, marido de Flávia, também se feriu na ocasião, mas recebeu alta no domingo (15). Os dois estavam passando um fim de semana no apartamento alugado.

Agora, o homem tenta entrar em um acordo com o condomínio onde tudo aconteceu e pede uma indenização – com urgência, para realização de tratamento odontológico. Seu advogado, Eduardo Duarte, informou à revista ‘Veja’ que ele não tem interesse em procurar a Justiça, a não ser como “última opção”.

Muito abalado com o ocorrido, Marcelo garante que ele e a esposa não fizeram nenhum tipo de movimentação imprudente no deck, como sentar ou apoiar. O advogado deverá se reunir com a família e os representantes do condomínio, de maneira a tentar chegar em um acordo sem precisar recorrer às vias judiciais.

A Polícia Civil registrou a morte como “suspeita” e abriu um inquérito para apurar um possível homicídio culposo por omissão.

Veja também:
Mãe vê 'bebê fantasma' com filho em berço e foto viraliza, mas não era bem isso

Comente com o Facebook
câncer terminal

Brasileiro curado de câncer terminal sofre acidente e morre em Belo Horizonte