in , ,

Luana Piovani inicia mudança para Portugal: ‘Brasil não oferece dignidade’

Atriz pretende morar no país a partir de 2019: ‘se precisar eu vou vender roupa em loja, vou na porta de escola vender bolo’

A atriz Luana Piovani fez uma transmissão em seu canal de YouTube falando sobre o processo de mudança para Portugal pelo qual está começando a passar.

“Eu não tenho medo do novo, de desafio. Eu vou em busca do que eu quero, e o que eu quero é dignidade. O Brasil não oferece dignidade, definitivamente. Então se precisar eu vou vender roupa em loja, sim, feliz da vida, vou na porta de uma escola vender um bolo. Claro que isso não vai me trazer o dinheiro que eu gasto hoje, mas a gente se adequa”, comentou, sobre a vida que pretende começar fora do País.

“Além do que, sempre acho que se eu começar a vender um bom bolo, três anos depois eu vou abrir uma loja de bolos. Porque acredito em mim. Se eu for fazer bolo, vou fazer um p*** bolo!”, garantiu.

A atriz, porém, garante que mudar de continente não a impedirá de continuar trabalhando por aqui: “Vou abrir um mercado de trabalho lá e não vou deixar de fazer as coisas no Brasil. Mas assim, quando você mora num lugar que te dá as coisas básicas pra que você possa viver, se você tiver como juntar um dinheiro, vender um carro, um apartamento aqui, é melhor passar justo lá do que passar justo aqui”, falou, sobre a vida em Portugal.

Luana também citou a questão da segurança como um fator decisivo: “O fato de você não ter que ter medo de morrer de uma bala perdida – porque a gente vive num País, numa cidade, onde o bandido atira e o policial revida. Aí quem tá no meio que se dane! Ou que seu filho possa morrer por causa de uma bicicleta, de um tênis, ou tome uma surra saindo de uma festa…”

Veja também:
Não foi a primeira vez! Todas as polêmicas que Gabriela Pugliesi já se meteu

Seguidora critica Pedro Scooby por foto íntima de Luana Piovani, que rebate

Comente com o Facebook
feedclub rato vasco bahia são januário

Rato ‘invade’ campo em jogo de Vasco e Bahia e internautas não perdoam

(Foto: Boa Forma / divulgação)

Deborah Secco admite paranoia por corpo perfeito: ‘fazia mal a outras mulheres’