in ,

Lutador sobe morro para recuperar moto roubada e acaba assassinado

Morte do ex-atleta de MMA gerou comoção entre fãs e amigos famosos

Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Diego Braga Alves, lutador de MMA e professor de 44 anos, foi assassinado nesta segunda-feira (15).

  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

A morte ocorreu poucas horas após a moto dele ter sido furtada dentro da garagem de sua própria residência, localizada na Muzema, região da zona oeste carioca.

Durante a calada da noite, Diego foi vítima de um furto. Em seu perfil no Instagram, ele publicou sobre o desaparecimento de sua motocicleta, subtraída diretamente de sua garagem.

Através de um vídeo, ele fez um apelo aos seus seguidores para ajudar na recuperação do veículo, mostrando imagens que capturaram a ação criminosa.

Nas filmagens, dois indivíduos em uma moto se aproximam; um deles, o garupa, desce, descarta o capacete do lutador e foge empurrando a moto de Diego.

A notícia da morte de Diego gerou comoção nas redes sociais. Amigos do lutador sugeriram que ele foi assassinado enquanto tentava recuperar sua moto.

O personal Leonardo Lustosa, que se identificou como irmão de Diego, expressou seu luto e indignação nas redes sociais.

Em uma publicação emocionante, ele informou a responsabilidade das autoridades locais, criticando a situação de segurança no Rio de Janeiro e exigindo justiça para seu irmão.

A Confederação Brasileira de MMA Desportivo prestou uma homenagem a Diego, expressando dor pela perda e gratidão pelos momentos compartilhados.

Veja também:
Em busca da Alma Gêmea: afinal, quantas vezes o cantor Fábio Jr. já se casou?

Rodrigo Nogueira, conhecido como Minotauro e ex-lutador, também se pronunciou, lamentando a violência incessante na cidade e questionando o futuro da segurança pública.

A PFL (Professional Fighters League) se uniu às vozes de luto, enviando forças para os familiares de Diego em um momento tão difícil. A organização expressou condolências e desejou paz ao lutador falecido.

Até o momento, as autoridades policiais não se pronunciaram sobre as circunstâncias exatas da morte de Diego. O portal ‘Uol’ entrou em contato com as polícias Militar e Civil, mas ainda não obteve resposta.

Veja uma foto de Diego Braga e a postagem dele falando sobre o furto da moto:

Diego Braga Alves - moto furtada
Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Lutador foi procurar moto

Com início profissional em 2003, o Braga enfrentou adversários renomados como Charles do Bronx, Miltinho Vieira, Adriano Martins e Iliarde Santos – todos com passagens pela elite do UFC.

Além de compartilhar o tatame com astros como os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, e Anderson Silva, Diego encerrou sua carreira profissional em 2019 com um histórico de 23 vitórias, oito derrotas e um empate.

Após se despedir dos ringues, Braga se dedicou à formação de novos talentos na Tropa Thai, sua academia. Entre seus alunos estava seu próprio filho, Gabriel Braga, um lutador promissor que conquistou a final do torneio peso-pena do PFL em 2023.

A tristeza se abateu sobre a família Braga quando Diego teve sua motocicleta furtada de seu condomínio.

Decidido a recuperá-la, ele resolveu ir sozinho até uma comunidade controlada pelo tráfico. Segundo Gabriel, o pai passou a manhã desta segunda-feira (15) na busca pela moto.

Veja também:
Relembre a famosa matéria em que Ana Maria Braga foi a uma praia de nudismo

Gabriel Braga, em entrevista ao portal ‘G1’, relatou o desespero da família e amigos, que buscavam por notícias de Diego.

“Como estava demorando, os amigos queriam subir [para a comunidade], mas mandaram todos descerem. Agora há pouco, um amigo ligou para tentar liberar o corpo e eles falaram que colocaram o corpo em uma praça. Mas, quando chegamos lá, a a polícia já estava lá e não deixou ninguém subir”, disse Gabriel.

A Muzema, localizada no Itanhangá, Zona Oeste do Rio, e no Morro do Banco, comunidade vizinha, são áreas atualmente dominadas pelo tráfico de drogas.

Essas localidades, anteriormente sob controle de milicianos, foram tomadas pelo Comando Vermelho em 2023. Pedro Paulo Guedes, um notório traficante do CV e líder no Complexo da Penha, é apontado como o responsável pela mudança de poder na região.

Pedro Scooby lamenta morte de Diego Braga

Na noite desta segunda-feira (15), o surfista Pedro Scooby utilizou as redes sociais para lamentar a morte de Diego Braga.

“Hoje eu tinha tido um dia incrível e no final da noite recebi uma notícia super triste. O Diego Braga, um cara que conheci há pouco tempo na casa de amigos, super querido por todos, tinha um projeto incrível que dava aula para crianças de MMA, foi morto covardemente. Quem fez isso com ele que pague. Não estou aqui pra julgar o que cada um faz, mas covardia não é bom em lugar nenhum, não é respeitado por ninguém”, disse.

Veja também:
Após ser traída, mulher vira detetive e já desmascarou mais de 400 homens

Pedro ainda aproveitou para mandar uma mensagem à família do lutador assassinado.

Que Deus conforte o coração da família, que o filho dele consiga continuar firme e forte, que Deus conforte não só o coração dele, mas de toda a família. Aproveitar a vida galera que às vezes acaba num estalar de dedos… que eu saiba a gente não tem outra”. 

Confira a fala de Pedro Scooby sobre a tragédia no vídeo abaixo:

  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

Leandro Lo, campeão mundial de Jiu-jítsu, é baleado e morto durante briga em show

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

BMW - rodoviária Balneário Camboriú

Morte de jovens em BMW foi culpa de modificações feitas no carro

Diego Braga Nunes - lutador MMA

Preso pela morte do lutador de MMA confessa e revela detalhes do crime