in ,

Mulher abusa da criatividade e usa a própria calcinha para resgatar um jumento

Ela encontrou o animal na beira de uma rodovia, correndo o risco de ser atropelado e tomou a atitude drástica

Fotos: Reprodução/Instagram

Ativista da causa animal, uma mulher chamada Stefani Rodrigues tomou uma medida totalmente incomum para resgatar um jumento encontrado na beira da pista no último domingo (10) em Fortaleza, no Ceará.

  • Assista futebol ao vivo no Prime Video adicionando o Premiere à sua assinatura! Teste grátis por 7 dias e totalmente sem compromisso, cancele quando quiser. Clica aqui!

Na falta de uma corda para segurar o animal enquanto aguardava o transporte que o levaria até o abrigo, ela tirou a própria calcinha e segurou o jumento com a roupa íntima tirada ali mesmo, no posto de gasolina.

O vídeo gravado pela ativista no momento do resgate inusitado foi compartilhado no perfil da ONG Anjos da Proteção Animal (APA) de Fortaleza e acabou viralizando nas redes sociais.

As pessoas elogiaram a coragem dela em resolver a situação, mesmo que de uma maneira inédita.

Veja também:
Rompida com a igreja, Andressa Urach mostra coleção de calcinhas para os fãs

Stefani tem 41 anos e dirige a ONG, dando seguimento ao trabalho realizado pelo pai. Ela estava dirigindo exatamente para a instituição, quando se deparou com dois jumentos na beira do Anel Viário em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Jumento corria o risco de ser atropelado

Parou o carro e foi direcionando os jumentos à pé até um posto de gasolina próximo, para tirá-los de perto da pista, onde poderiam ser facilmente atropelados. No vídeo, é possível ver que Stefani pede ajuda aos funcionários do posto, mas não tem retorno.

Ela decide, então, tirar a calcinha ali mesmo para segurar o jumento, que estava mais arredio, e garantir a segurança dele. “Foda-se… Quem é protetora salva vidas, independentemente do instrumento”, disse ela na ocasião.

Depois de capturar os animais, a ativista conseguiu entrar com contato com um serviço de transporte de cargas, que os levou até um sítio que faz parte da associação.

“Os jumentos foram avaliados por veterinários e estão recebendo suporte de alimentação“, informou ela.

Questionada se não sentiu vergonha, Stefani diz, determinada: “Quem tem que ter vergonha é quem solta esses animais na rua. Quem tem que ter vergonha é quem explora os animais“. 

Internautas aplaudiram a atitude de Stefani. O importante é salvar / resgatar o animal, independente se você vai perder uma calcinha ou não”, comentou uma internauta.

Mulher, você é incrível! Que orgulho de você e que absurdo que ninguém se mexeu pra te ajudar. Que ódio que fiquei, se eu tivesse lá tiraria a calça, calcinha, sutiã, ficava pelada pra te ajudar… Chocada com o comodismo desse povo, disse outra mulher ao assistir ao vídeo.

Confira o momento em que a ativista tira a própria calcinha para resgatar o animal:

  • Assista futebol ao vivo no Prime Video adicionando o Premiere à sua assinatura! Teste grátis por 7 dias e totalmente sem compromisso, cancele quando quiser. Clica aqui!

Ladrão de calcinhas é preso com mais de 1 mil peças roubadas (e usando uma ao ser detido)

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Luiza Brunet - Simone Medina

Luiza Brunet vai processar Simone Medina após ofensas: ‘nem a conheço’

Fazenda Rondônia chacina massacre

Chacina em Rondônia: homem é torturado e cinco pessoas mortas a tiros em fazenda