in ,

‘Padre Júlio, o senhor transou com o meu noivo’: resumo do escândalo do momento

Mulher traída tirou satisfação com o religioso, que admitiu o pecado como uma ‘fraqueza’; áudio da conversa viralizou na web

Fotos: Canva

Você já deve ter ouvido em algum lugar da internet sobre um tal Padre Júlio e o Breno, não? A história bizarra aconteceu no Rio Grande do Norte e acabou viralizando nas redes sociais, se tornando um dos assuntos mais comentados pelos internautas nos últimos dias.

  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Elídia decidiu tirar satisfação com o padre Júlio César Souza Cavalcante após ficar sabendo que ele teve relações sexuais como Breno, marido dela, enquanto eles ainda estavam noivos.

O detalhe que deixa a história ainda mais bizarra é que o padre Júlio foi o responsável por celebrar o casamento de Breno e Elídia – depois de ter tido um caso com o noivo por meses.

Veja também:
Padre atropela ladrão que roubou roupas de paróquia e foge sem prestar socorro

Durante a conversa, o padre confessa o que chamou de “fraqueza”, diz que os dois se arrependeram, se confessaram e prometeram não fazer mais.

Depois que a história veio à tona, o sacerdote católico foi afastado da Igreja Matriz Nossa Senhora de Candelária, em Natal, no Rio Grande do Norte.

No áudio que viralizou nas redes sociais, Elídia diz: “Breno me contou que manteve relações sexuais com o senhor“. 

O padre, então, responde: “Não, mas no seu casamento não. De jeito nenhum. Se ele que disse isso, ele mentiu. No seu casamento não teve“. 

A mulher diz: “Não, durante o meu casamento não teve. Ele me disse isso. Mas antes do meu casamento teve“. O padre Júlio acaba confessando o caso que teve com Breno.

Mas aí foi uma fraqueza. Nós nos confessamos e prometemos que não ia ter mais, em respeito até a você. E foi essa a palavra que ele usou. Em respeito a Elídia”, declara o padre, que recebeu a seguinte resposta da noiva traída:

E mesmo assim o senhor celebrou nosso casamento. Tes-te-munhou”. Padre Júlio não ouviu as acusações calado: “Ele já tinha confessado. Já tinha pedido perdão. E já tinha prometido que não ia ter mais“. 

Depois, a conversa continua com Elídia tendo que lidar com as incoerências em relação às histórias diferentes contadas por Breno e pelo padre Júlio.

Enquanto Breno diz que os encontros duraram entre 2010 e 2012, padre Júlio diz que foram apenas duas ou três vezes.

Em determinado momento o padre diz: “Não, depois de casado não. Você mesmo me disse depois de casado que não queria, por respeito a Elídia. Não foi?. E Breno responde: “Tô falando dos abraços”. 

O líder religioso, então, rebate: “Não, mas abraço eu dou em todo mundo. Abraço eu dou em todo mundo. Não dou em você também?! Abraço eu dou em todo mundo. Mas não venha com essa história não, que é mentira. É mentira. Cê sabe. (pausa) De jeito nenhum”. 

Veja também:
Vídeo flagra padre agredindo ex-seminarista que o acusa de abuso sexual
Padre
Foto: Canva

Detalhes sórdidos da relação com padre Júlio

A conversa, então, se encaminha para os detalhes do envolvimento de Breno com o padre Júlio.

“Eu entendo como relação sexual não só a questão da penetração, né?! Não só a questão de vocês… Ficarem… Se masturbando, por exemplo. Essas coisas assim… Né? De ficar um fazendo sexo anal no outro“, diz Elídia.

O padre responde: “Não, mas não teve… Eu acho que não teve isso não. Teve, Breno?“. Breno diz: Duas vezes“. 

“Sexo anal, Breno?”, pergunta o padre. “Duas vezes”, confirma Breno. “E sexo oral, teve?“, quer saber a mulher traída. Ela recebe resposta positiva tanto de Breno quanto do padre.

Veja também:
Vaza áudio de Padre Robson confessando os crimes: 'sou o chefe da quadrilha'

“Teve. Teve. Não vou mentir pra você. Oral teve, mas anal não teve não”, diz o sacerdote católico. A partir daí eles se desentendem novamente.

Em determinado momento do áudio, Elídia manda o marido confessar para o padre os pecados que só ela sabe.

“Você não contou que ia pra banheiro, que transava com qualquer um. Você não contou que ia pra cinema pornográfico. Você não contou que ia procurar em sauna. Você não contou que não me procurava, mas procurava homens. Conte. Agora tenha… Tenha decência de olhar pras pessoas. Já que você não olha pra mim”, diz a mulher.

O áudio continua e tem cerca de 13 minutos de duração. A história foi uma polêmica na cidade e viralizou apenas agora em todo o Brasil, tanto tempo depois, nas redes sociais (a conversa foi gravada em meados de 2019).

Em nota oficial, a arquidiocese afirmou que o arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha “determinou o afastamento do referido sacerdote de todas as suas funções ministeriais exercidas na Arquidiocese de Natal, a fim de que possam ser apurados os fatos e tomadas as devidas providências”. 

O mais incrível de tudo isso é que Elídia mantém a calma durante praticamente toda a conversa e depois decide perdoar o marido Breno e continuar casada com ele. 

Ouça o áudio completo:

  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Vídeo flagra padre agredindo ex-seminarista que o acusa de abuso sexual

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Suzana Pires - Marcos Pasquim

Suzana Pires relembra traição pública de Marcos Pasquim: ‘incrível… para ser amigo’

Caio Afiune

Nude falsa do ex-BBB Caio Afiune viraliza na web e engana até a esposa: ‘ficou brava’