in ,

Novo painel do Jornal Nacional passa a mostrar fotos de vítimas da Covid-19

William Bonner reforçou a mensagem de que a imprensa tem a responsabilidade social de informar e ‘proteger vidas’

Foto: Reprodução/TV Globo

Na noite desta quinta-feira (14), durante o ‘Jornal Nacional’, William Bonner leu um texto editorial sobre o momento de pandemia que estamos vivendo. Ele apresentou o novo cenário eletrônico da atração, que será mostrado quando eles estiverem noticiando sobre o coronavírus: um painel com fotos de vítimas da Covid-19.

Os jornalistas da TV Globo têm, constantemente, exposto o número de mortos, que cresce mais a cada dia, e feito apelos para que a população respeite as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e permaneça em casa, evitando aglomerações.

Veja também:
Pane na abertura do 'Jornal Nacional' assusta, intriga e vira piada entre internautas

“Em todos os momentos em que o JN estiver tratando da pandemia vão estar lá atrás os rostos de brasileiros que ele nos tirou. Esses sorrisos e olhares dos brasileiros que nós perdemos podem ajudar a fortalecer a mensagem que importa de verdade: a necessidade de proteger vidas”, afirmou o âncora.

Bonner completou dizendo que o objetivo do jornal é informar as pessoas sobre o que de fato está acontecendo.

“Mas aqui no Jornal Nacional, todo dia, o que nós procuramos fazer é informar para ajudar os brasileiros a frear essa pandemia e a ter uma visão clara do que está acontecendo”, disse.

Assista:

A visão do governo diante da pandemia de coronavírus é um pouco diferente. Em pronunciamentos feitos pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, já é de conhecimento público que ele é contra o isolamento social e quer que as atividades econômicas sejam retomadas.

O colunista Maurício Stycer, do portal ‘Uol’, interpretou a fala de William Bonner como uma resposta direta às críticas que o governo tem feito à imprensa no Brasil.

Em um artigo publicado no jornal ‘Estadão’, o vice-presidente da república, Hamilton Mourão, disse que a imprensa precisa rever o modo que tem lidado com o momento que o país se encontra.

“A imprensa, a grande instituição da opinião, precisa rever seus procedimentos nesta calamidade que vivemos. Opiniões distintas, contrárias e favoráveis ao governo, tanto sobre o isolamento como a retomada da economia, enfim, sobre o enfrentamento da crise, devem ter o mesmo espaço nos principais veículos de comunicação”, disse.

“Sem isso teremos descrédito e reação, deteriorando-se o ambiente de convivência e tolerância que deve vigorar numa democracia”, completou o vice-presidente.

Veja também:
Telejornal da Globo recebe nude ao vivo e exibe a imagem por acidente

Comente com o Facebook
cadáver acena

Cadáver ‘acena’ de dentro do caixão e vídeo apavora internautas

rafa kalimann

Família de Rafa Kalimann não deixou que ela assistisse ao ‘BBB 20’