in ,

PIX se torna ‘aplicativo de paquera’ e Banco Central se manifesta

Muitas pessoas passaram a usar o sistema para tentar se comunicar com candidatos a “crush”

Fontes: Divulgação/Banco Cental e Giftpundits.com/Pexels

O PIX, novo sistema de pagamentos lançado no final de 2020 pelo Banco Central, ganhou mais uma função pra lá de curiosa e inusitada por conta da criatividade do brasileiro: ele também se tornou um aplicativo de paquera para muita gente.

De certa forma, a brincadeira começou após um internauta revelar um dos primeiros casos na “nova função” do PIX.

Veja também:
Jovem descobre possível traição do namorado ao limpar carpete de casa

No Twitter, o internauta revelou que um primo terminou com a ex-namorada por conta de uma traição e a bloqueou em todas as redes sociais.

Foi aí que a ex-namorada teve a ideia de enviar diversas transferências por PIX de apenas 1 centavo para entrar em contato com o rapaz e se desculpar.

Bastou o internauta revelar o caso que muita gente gostou da ideia e começou a compartilhar suas chaves nas redes sociais na esperança de conseguir um “crush”.

No geral, o método de paquera consiste em enviar uma quantia simbólica para a pessoa desejada e, no campo em que é preciso identificar a transferência, basta enviar uma mensagem pra paquerar.

O método, inclusive, já até ganhou alguns nomes entre os internautas: “pixsexual” e “pixtinder”, que pegaram entre alguns internautas.

Banco Central se manifesta

Após descobrir a nova “funcionalidade” do PIX, o Banco Central se manifestou e deixou claro que não gostou muito da brincadeira, ao reforçar que ele se trata de “um meio de pagamento, não uma rede social”.

O BC também lembrou que o compartilhamento de determinadas chaves pode ser perigoso.

Veja também:
Mãe de Arcrebiano passa mal ao ver Karol Conká próxima dele no 'BBB 21'

“A exposição (das chaves) vem com riscos, principalmente quando a chave cadastrada é o CPF ou número de telefone, que são dados sensíveis”, disse a instituição.

Apesar disso, o BC deu uma dica para quem está se irritando com as mensagens enviadas pelo PIX.

“O Banco Central acrescenta também que não há previsão legal para bloqueio de usuários específicos dentro do sistema. Contudo, para quem não quer ser incomodado com mensagens, o usuário pode configurar o aplicativo do banco onde mantém a conta para não receber notificações de pagamentos”, finalizou o BC.

Repórter da Globo tem crise de riso ao noticiar prisão de garota de programa

Comente com o Facebook
andressa suita

Andressa Suita fala pela primeira vez sobre status atual da relação com Gusttavo Lima

Dayane Mello

Brasileira que está no Big Brother Itália assiste velório do irmão por chamada de vídeo