in ,

Suzane Von Richthofen é acusada de enganar clientes em seu novo negócio

Condenada pelo assassinato dos próprios pais, ela agora se dedica ao ateliê de costura ‘Su Entre Linhas’

Fotos: Reprodução/Redes Sociais
Suzane von Richthofen, famosa por seu passado sombrio de ter planejado o assassinato dos próprios pais, volta à cena com um novo empreendimento, e clientes estão reclamando terem sido enganados por ela, que é uma das criminosas mais famosas do Brasil.
  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!
Após ser condenada a 39 anos de prisão pelo homicídio dos pais, Suzane cumpriu parte de sua pena e, vinte anos depois, em janeiro de 2023, obteve a liberdade para viver em regime aberto.
A lei exige que ela mantenha um emprego, e para isso, Suzane optou pelo caminho do empreendedorismo, abrindo um ateliê de costura em Angatuba, São Paulo, chamado ‘Su Entre Linhas‘.

A loja, além de oferecer produtos como bolsas e capas para computador, ganhou notoriedade pela customização de chinelos.

Com mais de 50 mil seguidores nas redes sociais, Suzane prometia peças feitas à mão, aumentando a expectativa de seus clientes. A confecção artesanal e o carinho dedicado em cada criação eram seus grandes diferenciais.

Contudo, a realidade veio à tona. Revelou-se que Suzane não estava mais à frente da produção artesanal.

Uma equipe liderada por sua ex-cunhada, Josiely Olberg, assumiu as rédeas da confecção.

Essa descoberta abalou a credibilidade de Suzane, especialmente após a reclamação de Pamela Siqueira, que se sentiu enganada ao receber um produto que não condizia com o anunciado.

Veja também:
Casal se filma fazendo 'aquilo' em órgão público e vídeo acaba vazando

Pamela, alarmada com a verdade, expressou sua frustração nas redes sociais, mas temeu pela própria segurança, deletando a postagem logo em seguida.

Ela afirmou:Me senti ludibriada duas vezes. Primeiro porque achava que a encomenda chegaria antes do Natal. Segundo porque ela não customizou a sandália, como havia dito. Mas resolvi apagar a queixa porque tenho medo da Suzane. Até porque ela tem o meu endereço, né?”. 

Diogo Castro também enfrentou uma experiência desapontadora com a ‘Su Entre Linhas’.

Após apoiar a loja por acreditar na ressocialização de Suzane, Diogo se sentiu traído ao perceber que Suzane não mantinha uma comunicação direta com os clientes, a menos que mais compras fossem realizadas.

Decidido a contribuir para a nova fase de Suzane, Diogo fez uma compra de uma carteira masculina por R$ 70 na loja online.

Durante a aquisição, Diogo teve seu atendimento realizado por Josi, que lhe ofereceu uma proposta tentadora: uma chamada de vídeo com Suzane em seu aniversário, sob a condição de realizar uma segunda compra na loja.

Motivado por essa oportunidade, Diogo adquiriu um nécessaire por R$ 80, já que seu aniversário se aproximava em três semanas.

As encomendas de Diogo chegaram em duas semanas e ele expressou sua satisfação em dois vídeos, elogiando a qualidade dos produtos de Suzane e a experiência de ouvir sua “voz macia”.

Ele se mostrou encantado, especialmente após receber uma ligação de agradecimento de Suzane, que também aproveitou para parabenizá-lo pelo aniversário.

Veja também:
Afinal, Sandra Annenberg era uma das passarinhas do Castelo Rá-Tim-Bum?

“Galera é o seguinte, os produtos da Suzane são bons. Ela é irresistível. Senti a sua voz macia. É impossível não se apaixonar”, disse.

Após essa experiência, Diogo compartilhou outro vídeo, declarando-se admirador da ex-detenta agora supostamente costureira.

No entanto, a comunicação entre Diogo e Suzane parece ter se esfriado na semana seguinte. Após enviar uma mensagem de texto e não receber resposta, e uma tentativa frustrada de ligação, na qual foi atendido por Josi.

“Ela disse que a Suzane só falaria comigo se eu fizesse mais uma compra”, contou. Magoado, Diogo deletou os elogios e gravou um vídeo de cinco minutos detonando a lojinha.

“Vou logo avisando. Estou chateado. A Su Entrelinhas é uma loja feita para arrancar dinheiro e enganar as pessoas”, falou.

Veja a home do site de Suzane Von Richthofen. ‘Su Entre Linhas’:

Ateliê Suzane - Su Entre Linhas
Foto: Reprodução

Suzane Von Richthofen vende chinelo de grife falsificado

Após anunciar um modelo de chinelos da Gucci, por apenas R$ 160, os consumidores começaram a questionar se esses produtos eram genuínos.

O detalhe é que esse modelo de sandália, personalizado com o nome do cliente, certamente não é algo que a Gucci produziria.

Quando o jornal ‘O Globo’ consultou a grife sobre a autenticidade do produto, a resposta foi clara: a marca italiana negou a autenticidade das sandálias vendidas por Suzane.

Em um e-mail, a Gucci reforçou que seus produtos originais são vendidos apenas em lojas específicas e autorizadas e a ‘Su Entre Linhas’ não está entre elas.

Veja também:
Famosa atriz erótica é encontrada morta aos 36 anos de idade

Além disso, em 4 de janeiro, Suzane lançou uma nova linha: sandálias havaianas customizadas com strass e meia cana, vendidas a R$ 150.

Este preço chamou a atenção, visto que muitas artesãs oferecem produtos similares pela metade do valor. Isso gerou um alvoroço nas redes sociais, com concorrentes questionando os preços elevados cobrados por ela.

A artesã Celeste Garcia da Costa, do Rio de Janeiro, expressou seu descontentamento, comparando seus preços com os de Suzane. 

Customizo sandálias há dez anos e os preços dos meus produtos são 40% menores do que os dessa assassina. Terei que cometer um crime para valorizar os meus produtos?”. 

Suzane Von Richthofen - venda chinelos
Fotos: Reprodução/Redes Sociais
  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

Suzane Von Richthofen curte foto de Cristian Cravinhos no Instagram

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

churrasco confraternização empresa - intoxicação

Um morre e 6 são internados após intoxicação em churrasco da firma

Amaury Lorenzo - diretor Sérgio Pires Lobato

Ator Amaury Lorenzo se divorcia de diretor da Globo e motivo vem à tona