in ,

Xuxa revela que realizou fetiche inusitado com Ayrton Senna: ‘de capacete’

Apresentadora abriu a intimidade em papo com Sérgio Mallandro e fez revelações das mais cabeludas

Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Xuxa Meneghel participou do podcast ‘Papagaio Falante’, apresentado por Sérgio Mallandro, e abriu a intimidade sobre os relacionamentos que viveu com Ayrton Senna e Pelé.

A eterna ‘Rainha dos Baixinhos’ namorou com o piloto de Fórmula 1, Ayrton Senna, entre 1988 e 1989, por quem foi muito apaixonada e chamava carinhosamente de Beco.

Veja também:
Ex-namorada de Ayrton Senna sobre boatos de que ele era gay: 'foi minha culpa'

Durante a entrevista, Xuxa contou sobre um fetiche que realizou no sexo com Senna: transar de capacete.

Tudo começou quando ela contou para o piloto que um antigo namorado anônimo, um dia, pediu para que ela cantasse a música ‘Quem Quer Pão?’ na hora das preliminares do sexo. A loira também já compartilhou essa bizarra história com o público.

Ayrton achou o pedido inusitado na época e, ainda na entrevista, Xuxa contou de uma ocasião engraçada que rolou com ele na cama.

“Quando me relacionei com o Beco, contei como uma coisa engraçada. Só que na hora que a gente foi ficar junto, ele começou a puxar meu cabelo, como se fosse uma chuca, para cima. Eu falei para ele:

Você quer ficar com a Xuxa da televisão, com chuquinha, com bota. Não tem problema. Eu boto a bota, a chuquinha, e você bota o capacete?‘”, questionou a loira.

“Foi para pagar com a mesma moeda. Na hora que ele foi, eu fiz ‘tananam tananam’ [cantando o Tema da Vitória]”, contou a apresentadora.

Segundo Xuxa, Ayrton foi bastante apaixonado por ela. Uma vez, ele até ligou na TV Globo a procurando, pedindo para conhecer a mulher mais bonita do Brasil.

“Eu tinha uma coisa com o Beco que ninguém vai entender. Eu falava que eu pensava nele, e ele ligava para mim. A gente tinha uma coisa bem diferente.

Veja também:
Sérgio Mallandro revela história íntima: 'atrapalhei sexo de Xuxa com Senna'

Ainda sobre a conexão que tinha com o piloto, Xuxa afirmou: “As pessoas falam muito de alma gêmea e tal. Não sei se isso existe. […] mas a gente meio que se completava. A gente era muito parecido com gostos de cores e tudo. E também era ruim, porque, quando a gente brigava, eu, cabeça dura, esperava, e ele me esperava”.

Sobre a morte de Ayrton Senna, vítima de um acidente durante uma corrida em 1994, Xuxa disse que foi muito difícil, apesar deles não estarem namorando mais na época.

“A primeira perda grande da minha vida foi quando o Ayrton se foi. Eu sempre achei que o mundo ia dar voltas, a gente ia se encontrar, eu ia falar tudo que eu queria falar, eu ia dizer coisas que eu não disse, eu ia pedir desculpa. Depois, eu vi que, ou você fala agora, faz agora, porque não existe o amanhã. Ali foi um grande aprendizado. Eu soube o que é perder alguém que me importava muito“, disse Xuxa no podcast.

Xuxa e Senna
Foto: Reprodução/Redes Sociais 
Veja também:
Xuxa conta que ela e Ivete Sangalo brigaram e ficaram meses sem se falar

Xuxa e Pelé

Xuxa começou a namorar com o jogador de futebol Pelé quando tinha apenas 17 anos, em 1980. Na época, ele tinha 39 anos e só saía com ela com a autorização dos pais.

O namoro durou 6 anos e não foi fácil, principalmente devido ao assédio das fãs do jogador, que causavam crises de ciúmes em Xuxa, por não saber lidar.

Segundo a apresentadora de programas infantis, Pelé foi seu “primeiro grande amor”. Eles se conheceram durante um ensaio fotográfico para uma revista e Xuxa despertou interesse no jogador de imediato.

Meu coração bateu mais forte. Eu falei: ‘Por que estou fazendo isso com esse cara bem mais velho do que eu?’ Não era uma coisa certa na minha cabeça. Mas ele insistiu. Mandava flores para minha mãe, conversava com o meu pai“, contou Xuxa.

Veja também:
Na Eliana, Xuxa revela que deu em cima de Junno quando ele era noivo de outra

Ainda sobre o namoro com Pelé, a apresentadora disse que Pelé tem dupla personalidade.

Foi dos 17 aos 23 anos. Foram seis anos. O Pelé realmente tem dupla personalidade, ele fala na terceira pessoa. Eu me apaixonei muito pelo Dico (apelido), que era muito chegado à minha família, era muito divertido”.

Sobre as crises de ciúmes, Xuxa afirmou que a falta de maturidade a levava a sentir isso e acabou prejudicando a relação. 

“Agora, quando tinha essa outra coisa, me deu essa confusão. Às vezes, ele chegava com marca de batom. Ele falava: ‘Essas mulheres ficam querendo agarrar o Pelé’. Eu, com pouca idade, não entendia direito isso. Achava isso normal. Não foi uma tarefa fácil“, declarou a apresentadora.

Xuxa e Pelé
Foto: Reprodução/Redes Sociais 

Assista à entrevista completa de Xuxa para Sérgio Mallandro, com quem ela também já se envolveu no passado:

Xuxa diz que foi roubada por Marlene Mattos e traída por Pelé

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Irmão - Rodrigo Mussi

Irmão de Rodrigo Mussi se impressiona com qualidade do atendimento no hospital

Rodrigo Mussi - Key Alves

Mulher que estava com Rodrigo Mussi é atacada na web por ‘sair e curtir a vida’