in , ,

Dono de restaurante fala sobre memes após polêmico programa de Jacquin

Comerciante viralizou na web depois de episódio do programa ‘Pesadelo na Cozinha’; ele desligava o freezer do estabelecimento à noite para economizar energia

O chef Érick Jacquin, mais conhecido como jurado do ‘MasterChef Brasil‘, na TV Band, também tem um programa só dele na mesma emissora: o reality show ‘Pesadelo na Cozinha’. Na estreia da segunda temporada da atração, o francês perdeu as estribeiras com Fábio Lima, o proprietário do restaurante Pé de Fava, que desligava o freezer durante a noite – para economizar energia!

Apesar de o programa ter ido ao ar em 27 de agosto, foi só recentemente que a cena acabou repercutindo na internet e se tornou o meme do momento nas redes sociais. Na ocasião, Jacquin ficou tão possesso que teve uma reação impagável e hilária.

O polêmico episódio chega a contar com vômito e gritos de “cala a boca”. O proprietário surge nas imagens visivelmente transtornado com a situação.

Assista:

Veja alguns memes:

jacquin meme 01

jacquin meme 02

jacquin meme 03

jacquin meme 04

jacquin meme 05

Em polvorosa, os internautas estão cada vez mais criativos na hora de fazer piadas com a situação. Além disso, eles “invadiram” as redes sociais do restaurante ‘Pé de Fava’, na cidade de Guarulhos, onde tudo aconteceu.

Arrependimento inicial

Agora, com os ânimos mais acalmados, Fábio Lima concedeu uma entrevista para o jornal ‘Extra’. Ele revela que, nos primeiros dias após a exibição do episódio, a repercussão foi muito negativa e ele chegou a pensar em desistir de tudo e fechar o restaurante. A coisa foi tão feia que ele relata ter recebido, até mesmo, ameaças de morte.

“Na primeira semana, a repercussão foi negativa. Fiquei bem desanimado, triste, estarrecido mesmo. A ideia do programa era mostrar dificuldades e benfeitorias do restaurante, mas focaram mais nos problemas do que nas soluções. Editaram muita coisa”, disse ele.

“A TV quis enfatizar um Fábio truculento, grosso, que destrata as pessoas. Recebi até ameaças de morte. Invadiram meu Facebook. Cheguei a apagar minhas fotos com o Jacquin e os comentários. Diziam que sou nordestino, mas não sou representante do nordeste, que sou machista, entre outras coisas. Foi um horror”, completou.

Veja também:
Por que os jurados do MasterChef Brasil são tão duros nas críticas?

“Na segunda semana, começaram a vir muitos clientes. A maioria das pessoas, no entanto, era de alto padrão. Eu olhava para o meu estacionamento e só tinha carrão. Nunca vi tanto carro de luxo ali. Esses clientes achavam que estavam indo para o restaurante do Jacquin. Chegaram aqui me perguntando onde estava o mâitre. Respondi: ‘não trabalha ninguém aqui com esse nome, não. Sei lá que troço de mâitre é esse (risos)!’. Depois descobri”, revelou.

“Daí pediram para ver a carta de vinhos. Só que se eu colocar vinho aqui, vai passar da validade e estragar. Esse não é meu público. Queriam garçom exclusivo… meu restaurante é simples. Como não atendi às expectativas, saíram me xingando”, continuou.

Retorno positivo após Jacquin

A calmaria veio logo após a tempestade. Fábio Lima conta que os negócios estão indo de vento em popa e que as consequências positivas conseguiram superar as negativas. Ele conseguiu melhorar a qualidade de seus serviços, aumentou a margem de lucro e está pensando em reformas e ampliação do estabelecimento.

“Como fiz esse investimento no grill e o ambiente ficou mais agradável após a reforma, pude subir um pouquinho o preço. Ainda não tenho lucro exorbitante (estou na faixa de 15 a 20% de aumento), mas já vejo uma luz no fim do túnel. Antes, eu ficava no zero a zero. Só pagava as contas do restaurante”, contou.

“Surgiu uma demanda por alta gastronomia de comida tipicamente nordestina, mas com pegada moderna. Então, em sessenta ou noventa dias, já abro o Pé de Fava 2 com esse perfil. Além de pratos característicos, teremos moqueca, camarão à moda da casa, peixes… Estou até negociando com um chef de cozinha do ramo. Vamos fazer um ambiente descontraído, mas para um público de poder aquisitivo melhor”, revela em primeira mão.

Veja também:
Lorena, do 'MasterChef', rebate comentários com críticas sobre sua filha

“Houve sensacionalismo na história do freezer”

Sobre o detalhe do desligamento do freezer, justamente o que viralizou nas redes sociais, Fábio Lima garante que a história não é bem assim. Ele acusa a edição do programa de tratar a situação com “sensacionalismo” e explica sua versão dos fatos.

“A história do freezer foi algo pontual. Eu recebia as mercadorias e estocava. Só que, às vezes, o freezer gelava muito e elas empedravam, a ponto de não dar para usar no dia seguinte, porque não descongelavam a tempo. Daí o Edmilson [funcionário responsável pela função] me perguntava se poderia desligar o freezer durante a noite para, no dia seguinte, estarem prontas para uso na cozinha”, conta.

“Só que ele [Edmilson] é bocudo e falou isso logo no programa. Daí gerou a confusão toda. Como desligávamos, uma consequência era economizar energia, mas colocaram isso como se fosse algo rotineiro, o que não é verdade. Era bem pontual. Ninguém passou mal, nunca tive problemas. Houve um certo sensacionalismo em torno disso. E oportunismo também”, completa ele.

“Tenho recebido muitas ligações no telefone do restaurante. As pessoas me perguntam se o freezer está ligado. Quando atendo, eu entro na brincadeira. Digo: ‘agora está ligado, mas à noite vou desligar’. Isso é igual apelido. Se você se incomoda, pegam ainda mais no seu pé”, revela Fábio.

Veja também:
Suposto vídeo íntimo de Henrique Fogaça, do 'MasterChef', vaza na web

Assista ao episódio de ‘Pesadelo na Cozinha’ com o restaurante Pé de Fava (playlist com 4 vídeos):

Comente com o Facebook
flamengo

Torcedor viaja 550 km para ver o Flamengo, mas passa mal e morre antes do jogo

anitta

Anitta descobre novo irmão fruto de traição, evangélico e eleitor de Bolsonaro