in ,

Vazam áudio e fotos de Tom Veiga relatando que foi espancado pela esposa

5 meses após a morte do eterno Louro José, história inacreditável veio à tona nesta terça-feira (6)

Foto: Reprodução/TV Globo

Ao longo desta terça-feira (6), novas informações importantes, surpreendentes e quase inacreditáveis sobre o intérprete do Louro José – Tom Veiga – foram divulgadas pela imprensa.

A que mais chamou a atenção (e iniciou a onda de vazamentos) seria a suspeita de que o artista teria sido envenenado pela ex-mulher,  Cybelle Hermínio da Costa Veiga, com quem ficou casado por apenas 8 meses.

Até o momento, a causa oficial da morte do artista é que ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). No entanto, segundo o colunista Leo Dias, do jornal ‘Metrópoles’, a família estaria pensando em mandar exumar o corpo, porque suspeitam que o verdadeiro motivo da morte dele tenha sido envenenamento.

Veja também:
3 dias antes de morrer, Tom Veiga mandou áudio para amigo e falou sobre morte

Outra ex-esposa de Tom Veiga, com quem ele estava se reconciliando antes de morrer, negou veementemente as informações. Alessandra Veiga garante que não existe essa suspeita e muito menos pedido de exumação do corpo.

“Não sabemos que família é essa. Porque a nossa, com certeza, não é. Não sabemos de nada disso. Nem eu nem os filhos do Tom, muito menos os irmãos”, disse ela.

O que existe, entretanto, é uma bizarra história de agressão que está sendo usada pelos familiares na tentativa de anular o testamento deixado por Tom Veiga.

Aos 47 anos de idade e faltando apenas 4 dias de assinar o divórcio, Tom morreu e deixou um testamento que dá direito à terceira ex-esposa de receber 50% de todo o dinheiro dele.

Além disso, Cybelle também teria direito de receber uma pensão por um ano. Os outros 50% deveriam ser divididos entre os 4 filhos do ator.

Acontece que a família descobriu recentemente que Tom Veiga tinha demonstrado interesse em alterar o testamento e tirar Cybelle do documento, mas não deu tempo. 

Tom Veiga foi agredido pela terceira esposa

Uma das informações que levaram os filhos de Tom a pensarem nessa possibilidade terrível foram capturas de tela enviadas por Tom a um amigo, Gabriel Villarreal, em que ele conta ter sido espancado por Cybelle em casa. 

O desabafo é do dia 7 de setembro e foi enviado através de um aplicativo de mensagem.

“Gabriel, tenho uma coisa muito desagradável para te contar. Na sexta, eu levei uma surra da minha mulher. Depois de uma hora apanhando e ela dizendo para eu reagir, que eu era um cuzão, eu consegui sair”, teria dito, supostamente, Tom Veiga.

“Ela pegou meu celular, meu iPad, chave de carro, de casa. Loucura, irmão. Só consegui fugir dela porque achei o controle da garagem. Consegui fugir descalço, surreal, detalhou o artista, que ainda disse mais:

“O mais louco foi que ela batia e me falava que era para eu reagir, que ela ia dizer que eu batia em mulher”. 

“Nunca apanhei tanto, que situação ridícula”. Gabriel Villarreal, então, perguntou se ele achava que seria possível que o casal se reconciliasse ou a saída seria a separação definitiva. Tom respondeu:Separação direto. Como vou viver com uma maluca dessas?“.

Alessandra Veiga divulga áudio e fotos da mesma história

Apesar de ter prometido ao ex-marido que jamais traria essa história à tona, Alessandra Veiga se viu obrigada a divulgar capturas de tela de conversas em que Tom Veiga relatou, para ela, o mesmo acontecido.

“Saí da minha casa fugido, sem carteira, sem celular, descalço, sem um real no bolso. Pelo amor de Deus não conta isso para ninguém”, pediu o ator.

Ela também enviou fotos dos hematomas, arranhões e machucados no corpo do ex-companheiro.

tom1 tom2 tom3

O áudio com a voz do próprio Tom Veiga relatando a história chocante está disponível no site do jornal ‘Extra’, ouça:

Ex-empregada de Tom Veiga endossa a história

Leo Dias divulgou também uma entrevista de Josenilde de Cássia Santos Silva – funcionária de Tom Veiga durante um ano e meio. Durante esse tempo cuidando da casa do artista, ela presenciou cenas de tensão e falou sobre algumas delas à Polícia.

O depoimento de Josenilde foi registrado 1 mês e 3 dias após Tom ser achado morto no 15º Serviço Notarial da Barra da Tijuca, dia 4 de dezembro de 2020.

Ela estava acompanhada do advogado Gustavo Santos de Almeida, que representa os filhos do artista na ação em que pedem a anulação do testamento deixado pelo pai.

De acordo com a funcionária, o casamento de Tom e Cybelle era marcado por muito ciúme da parte dela, agressões físicas, verbais e o medo evidente que o ator tinha de morrer.

Tom foi encontrado morto em casa, no Rio de Janeiro, no dia 1º de novembro de 2020. O ator deu vida ao papagaio companheiro de Ana Maria Braga por mais de 20 anos.

Contudo, 5 meses e alguns dias depois, os filhos de Tom Veiga ficaram sabendo de algumas questões que não tinham conhecimento até então.

Mensagens enviadas pelo artista para amigos, pouco tempo antes de morrer, revelam detalhes ‘sórdidos’ do casamento dele com a empresária Cybelle – que ninguém sabia!

Ainda casado com outra, Tom Veiga se reconciliou e reatou com a ex-mulher

Comente com o Facebook
Silvia Abravanel

Internada com a Covid-19, Silvia Abravanel sofre piora e publica longo vídeo

yahoo respostas 1

Fim de uma era! Yahoo Repostas será desativado e web fica indignada