in ,

Viúva do doador do coração de Faustão se revolta com morte do marido

“Omitiram socorro”, disse ela sobre o fato de ele só ter sido descoberto no dia seguinte após passar mal

Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Fábio Cordeiro da Silva, pedreiro de 35 anos que faleceu no dia 26 e agosto, teve oito de seus órgãos doados, inclusive o coração, que provavelmente foi transplantado no famoso apresentador de TV Faustão.

A morte dele gerou uma polêmica envolvendo sua esposa, Jaqueline Boneti, que acusa a empresa onde Silva trabalhou de negligência. Omitiram socorro, afirmou a viúva.

Ela suspeita que o coração de seu marido foi transplantado para o apresentador Fausto Silva, que se submeteu a uma cirurgia de transplante cardíaco no dia seguinte à morte de Silva.

O incidente que levou à morte de Silva ocorreu em 23 de agosto. Ele trabalhou como pedreiro em um apartamento em obras no litoral de São Paulo e sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Silva esteve sozinho no local e só foi encontrado no dia seguinte, em estado de desmaio, mas ainda consciente.

Jaqueline criticou fortemente a conduta do porteiro e a segurança do edifício em que o marido trabalhava. Ela disse ao programa ‘Domingo Espetacular’, da Record TV:

Eu achei a coisa mais revoltante da face da terra, porque isso foi omissão de socorro. Como uma pessoa que trabalha em um prédio que tem porteiro, que tem toda a acessibilidade, onde só pode trabalhar até as 18h, fica com a chave, e ninguém faz nada? Ele não poderia ter ficado lá“.

Em sua casa em Mangaratiba, a viúva mostrou fotos de família e mostrou quanto cada canto da residência faz lembrar do marido Fábio.

Veja também:
Barata morde? Homem acorda com hematomas 'inexplicáveis' no rosto

“Não tem uma parte dessa casa que eu não me lembre dele”, disse ela, emocionada.

A decisão de doar os órgãos foi um desejo expresso por Silva.Eu sou mãe, e imaginei uma outra mãe rindo [com o coração doado], mesmo eu aqui chorando“, acrescentou Jaqueline.

Fábio Cordeiro da Silva - doador coração
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo o pai de Fábio, família e os amigos fizeram uma vaquinha para garantir o sepultamento do jogador: “Na hora que eu comecei a organizar [o velório e enterro dele], os amigos já tinham feito tudo”, contou José Pereira em entrevista ao portal ‘R7’.

“O Fábio, pra mim, era um menino muito bom. Nunca deu trabalho. Era trabalhador. Mas a vida é assim, né?”, declarou o pai.

Tudo indica que o coração foi [para o Faustão]. Pelo horário, pelo momento em que o helicóptero pousou lá, eu acho que foi. Nós ficamos até contentes, muito felizes, porque o Faustão sempre foi uma pessoa muito boa, uma pessoa muito prestativa. Eu mesmo assistia muito ao Faustão”.

É importante ressaltar que no Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) administra a fila de transplantes de órgãos e mantém em sigilo as identidades de doadores e receptores, conforme determina a legislação.

Assim, não há confirmação oficial de que o coração de Fábio Cordeiro da Silva tenha sido transplantado para Fausto Silva.

Em seu primeiro pronunciamento após a cirurgia de transplante cardíaco, Faustão agradeceu à família de seu doador, Fábio:

Veja também:
Relembre a famosa matéria em que Ana Maria Braga foi a uma praia de nudismo

“[Quero] fazer um agradecimento especial ao José Pereira da Silva, pai do Fabio, que teve uma grandiosidade incrível, uma generosidade absurda, e proporcionou que eu continuasse vivo. Eternamente grato ao José Pereira da Silva, homem simples… Eu fico emocionado, porque me deixou a chance de viver de novo”, disse o apresentador, emocionado, no vídeo.

Confira a fala de Faustão e o agradecimento a Fábio pelo coração:

Jogador de futebol foi o doador do coração para Faustão; quem era ele?

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Ana Carolina Oliveira - Isabella Nardoni - Suzane

Mãe de Isabella Nardoni não quer saber de suposta ‘homenagem’ de Suzane

Kayky Brito - atropelamento

Outro carro também quase atingiu Kayky Brito antes do atropelamento