in ,

Filha de Roberto Justus é diagnosticada com um tipo de leucemia

Fabiana Justus contou aos seguidores sobre o diagnóstico de câncer aos 37 anos: “preciso lutar”

Fotos: Reprodução/Redes Sociais

A influenciadora digital Fabiana Justus, com 37 anos, trouxe à tona uma notícia impactante nesta quinta-feira (25): seu diagnóstico de leucemia mieloide aguda (LMA).

  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

O anúncio foi feito através de um vídeo no Instagram, no qual a filha do renomado empresário e apresentador Roberto Justus expressou seu estado de choque e a realidade de estar hospitalizada iniciando o tratamento.

Fabiana Justus, em suas palavras, relata como o diagnóstico foi um acontecimento repentino, mas que a doença foi descoberta no início – que é extremamente positivo e aumenta as chances de cura.

Vim para o pronto-socorro por conta de uma dor nas costas esquisita e febre e, desde então, eu não saí mais“. Esse relato evidencia a surpresa com que a doença se manifestou em sua vida.

A influenciadora não hesitou em compartilhar as etapas de seu tratamento, detalhando desde a internação até o início da quimioterapia.

Já internei, fiz o exame para entender o que era, coloquei o cateter e já comecei a quimioterapia“, disse Fabiana, demonstrando uma atitude positiva diante do desafio: “Preciso lutar e vencer e eu tenho certeza que eu vou“.

A revelação da filha de Roberto Justus não é apenas sobre sua luta pessoal, mas também sobre o afastamento de seus entes queridos, especialmente seus filhos.

O que mais está me doendo é ter que ficar longe dos meus filhos“, reflete ela sobre a dificuldade enfrentada.

Veja também:
Relembre a famosa matéria em que Ana Maria Braga foi a uma praia de nudismo

Fabiana Justus é casada com o empresário Bruno D’ancona. Ela é mãe das gêmeas de quatro anos Chiara e Sienna, e de Luigi, de apenas 5 meses, que é fruto de uma fertilização in vitro.

“Fui obrigada a desmamar o Luigi, não foi nada fácil”, afirmou. “Nesse primeiro ciclo de tratamento, eu fico um mês aqui no hospital e depois eu vou poder ir para casa recarregar as energias e vai ser muito importante para mim”. 

Veja fotos de Fabiana Justus com a família:

Fabiana Justus - filhas
Fotos: Reprodução/Redes Sociais
Fabiana Justus - marido - filho
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O caso de Fabiana Justus é um exemplo da imprevisibilidade da leucemia mieloide aguda, a forma mais comum de leucemia em adultos, como informado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca).

A doença se desenvolve rapidamente, tornando essencial a atenção e o tratamento imediatos.

O impacto dessa notícia na comunidade digital foi imenso, considerando que Fabiana Justus possui mais de 1,7 milhão de seguidores.

Seu relato no Instagram não apenas informou, mas também trouxe à luz as realidades e os desafios enfrentados por quem lida com essa condição.

Amigos e seguidores comentaram o vídeo da influenciadora desejando força e recuperação completa para ela. Até o momento, foram mais de 67 mil comentários.

“Você já venceu! É jovem, saudável, diagnosticou cedo e está em ótimas mãos. Força e fé que logo mais você sai dessa!“, disse uma seguidora.

“Fabi, receba de mim e da minha família todo o amor e carinho nessa jornada de cura”, comentou Rafa Brites.

Muita força para você! Vai passar! Todos unidos na corrente de cura”, disse a atriz Fernanda Paes Leme. “Fabi, vai dar tudo certo, Deus está cuidando“, comentou outra pessoa.

“Minha amiga amada, é um baita susto que vai te deixar ainda mais forte! Não tenho dúvidas que dará tudo certo. Você não está sozinha!“, disse a influenciadora Mari Saad.

Veja também:
Tragédia na cozinha: mulher morre após acidente fritando ovo

Confira o vídeo publicado por Fabiana Justus sobre o diagnóstico de câncer:

O que é Leucemia Mieloide Aguda (LMA)?

Leucemia Mieloide Aguda (LMA), um tipo de câncer que se desenvolve rapidamente, é a forma mais frequente de leucemia entre adultos, embora rara em crianças.

Esta doença acontece quando a medula óssea produz excessivamente células sanguíneas anormais que se espalham pelo organismo.

A identificação precoce da LMA é crucial, pois eleva significativamente as chances de cura.

Segundo informações do Instituto Nacional de Câncer (Inca), diversos fatores podem aumentar o risco de desenvolvimento desta condição:

  • Tabagismo;
  • Exposição ao benzeno, presente na gasolina e usado na indústria química;
  • Radiação ionizante de procedimentos médicos como radioterapia;
  • Tratamentos quimioterápicos prévios;
  • Produção de borracha;
  • Condições genéticas, como Síndrome de Down e outras doenças hereditárias;
  • Síndrome mielodisplásica e outras desordens sanguíneas;
  • Histórico familiar;
  • Idade avançada;
  • Exposição a agrotóxicos, solventes, diesel, poeiras;
  • Infecções por vírus de hepatite B e C.

Os sintomas da Leucemia Mieloide Aguda surgem devido ao acúmulo de células defeituosas na medula óssea, interferindo na produção de células sanguíneas saudáveis.

Os sinais mais frequentes incluem:

  • Palidez, cansaço e febre;
  • Inchaço dos gânglios linfáticos;
  • Infecções frequentes ou persistentes;
  • Febre e suores noturnos;
  • Manchas roxas ou hematomas;
  • Sangramentos sem causa aparente;
  • Desconforto abdominal;
  • Diminuição da imunidade, resultando em mais infecções;
  • Dores nos ossos e articulações.

O diagnóstico inicial da LMA é feito através de um exame de sangue completo. Resultados atípicos geralmente mostram aumento no número de leucócitos, ou em casos menos comuns, sua diminuição.

Veja também:
Os maridos de Ana Maria Braga: quantas vezes ela já se casou?

Este desequilíbrio é frequentemente acompanhado pela redução de hemácias e plaquetas.

Além disso, exames adicionais são necessários, como análises bioquímicas e de coagulação, que podem apresentar alterações.

A confirmação definitiva ocorre com o mielograma, onde uma amostra da medula óssea é coletada para análise. Em algumas situações, uma biópsia da medula óssea também é realizada.

O tratamento da LMA, conforme descrito pelo Inca, visa destruir as células leucêmicas para que a medula óssea retome a produção de células normais. Isso envolve:

  • Quimioterapia;
  • Controle de complicações infecciosas e hemorrágicas;
  • Prevenção e combate da doença no Sistema Nervoso Central;
  • Transplante de medula óssea em casos específicos.

O objetivo inicial é alcançar a remissão completa, ou seja, um estado onde a doença parece estar normalizada após a poliquimioterapia.

Contudo, é essencial continuar o tratamento para evitar recaídas. Em casos de leucemia promielocítica aguda, um subtipo da LMA associado a hemorragias graves, a fase de manutenção do tratamento torna-se necessária.

  • Conheça e descubra tudo que você pode fazer com seu dispositivo Alexa! E o melhor: experimente por 30 dias e, se não gostar, receba seu dinheiro de volta. Clique aqui para conferir!

Foto de Roberto Justus é usada em site de namoro de luxo: ‘milionários solteiros’

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Jesse Jane - atriz pornô

Jesse Jane, famosa atriz pornô, é encontrada morta aos 43 anos de idade

Nelson Rubens - apresentador

Oi??? Nelson Rubens posta vídeo pornô nas redes sociais