in ,

Família questiona vaquinha feita pelo namorado de mulher desaparecida no helicóptero

Namorado de Letícia Ayumi começou um financiamento coletivo para auxiliar nas buscas

Foto: Arquivo Pessoal

O mistério do helicóptero desaparecido em São Paulo continua a se desenrolar, agora em seu quinto dia. Em uma reviravolta tensa, uma vaquinha causou controvérsia e instigou sentimentos mistos entre os entes queridos dos desaparecidos.

Henrique Thiofilo Stellato, militar e namorado de Letícia Ayumi, criou a vaquinha online.

A iniciativa tem o objetivo de angariar fundos para contratar uma firma especializada em buscas, utilizando drones e tecnologias avançadas, para encontrar o helicóptero (Robinson R44, prefixo PR-HDB), que partiu no dia 31 de dezembro transportando quatro pessoas.

Letícia, de 20 anos, sua mãe, Luciana, de 46 anos, Raphael Torres, o amigo que as convidou para o passeio, e o piloto, Cassiano Teodoro.

Contudo, a decisão de Henrique gerou desconforto nos familiares de Letícia e Luciana.

Silvia Santos, tia de Letícia, expressou à ‘CNN Brasil’ que a família não apenas não foi informada previamente sobre a vaquinha, mas também não concorda com a medida.

“Falou (com a gente) depois que ele criou, mas a família ninguém está de acordo“, declarou ela.

Enquanto o drama familiar se desenrola, as operações de busca continuam a todo o vapor.

Com o céu encoberto por chuvas e neblinas persistentes, a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Polícia Militar de São Paulo persistem nas buscas pelo quinto dia consecutivo.

Até agora, mais de 32 horas de voo e uma área de cinco mil metros quadrados já foram meticulosamente vasculhadas.

Veja também:
Em busca da Alma Gêmea: afinal, quantas vezes o cantor Fábio Jr. já se casou?

O desaparecimento do helicóptero é um enigma angustiante. Eles partiram de São Paulo rumo a Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, e, após aproximadamente duas horas de voo, o último contato foi feito pelo piloto, não muito antes do helicóptero sumir sem deixar rastros.

Um vídeo, gravado por uma das passageiras e divulgado pela família, revela que naquele fatídico dia, o tempo estava fechado, repleto de neblina, tornando a viagem ainda mais perigosa e misteriosa.

Letícia gravou este vídeo no helicóptero e mandou para o namorado. Ela chegou a dizer que o piloto precisou fazer um pouso de emergência no meio do mato e depois seguir viagem.

Veja na imagem abaixo um modelo similar ao helicóptero que desapareceu:

modelo helicóptero
Foto: Divulgação

Clara Silvia, irmã de Luciana, compartilhou o desespero que tem consumido a família, enfatizando a angústia e a insônia causadas pela incerteza.

Embora a vaquinha online tenha enfrentado obstáculos temporários, a família está determinada a retomar a arrecadação.

Enquanto isso, o pai e o namorado de Letícia adentraram a região de Salesópolis para contratar mateiros, na esperança de que seu conhecimento local possa ser a chave para localizar o helicóptero e seus ocupantes.

Problemas com a lei

As investigações revelaram que o piloto Cassiano já havia sido alvo de diversas infrações e teve sua licença cassada anteriormente por “conduta grave de fraude”.

Além disso, o MPF apontou que as empresas envolvidas na operação do helicóptero agiam à margem da lei, oferecendo serviços aéreos sem as devidas autorizações.

O helicóptero estava indo de São Paulo para Ilhabela quando desapareceu misteriosamente.

Veja também:
Médico mistura tarja preta com álcool e destrói o próprio apartamento
Ilha Bela
Foto: Reprodução/Prefeitura de Ilha Bela

Corpo achado não tem relação com o helicóptero

Na última quarta-feira (3), um corpo em avançado estado de deterioração foi encontrado na represa de Natividade da Serra, situada no pitoresco Vale do Paraíba.

Apesar das especulações iniciais, autoridades foram enfáticas ao desvincular o caso do misterioso desaparecimento do helicóptero.

A identidade do homem permanece um mistério. Registrado como morte suspeita na Delegacia Seccional de Taubaté, o caso chama atenção e incita perguntas sem respostas.

“É importante destacar que não há nenhum indício de que este episódio tenha qualquer relação com o desaparecimento do helicóptero“, afirmou a nota da SSP, cortando pela raiz os rumores que tentavam conectar as duas ocorrências.

Enquanto isso, o quinto dia de buscas pelo helicóptero se iniciou com o Comando de Aviação da PM e equipes da FAB (Força Aérea Brasileira) rastreando os céus.

O Corpo de Bombeiros, em alerta, aguarda o chamado para entrar em ação, na esperança de que algum sinal ou destroço revele o paradeiro da aeronave desaparecida.

Ainda sobre o corpo encontrado na represa, encontraram um relógio – cuja tecnologia ainda é desconhecida – e que pode ser a chave para desvendar a identidade do falecido.

“Não sabe se o relógio é inteligente, mas vai ser feita uma perícia também junto à polícia civil, a polícia científica, para verificar se há mais informações que levem à indicação desse corpo”, declarou o tenente Wesley Xavier, no ‘Brasil Urgente’, da Band.

Veja também:
Os maridos de Ana Maria Braga: quantas vezes ela já se casou?

A área em que o corpo foi encontrado coincide com a zona de busca da FAB, adicionando uma camada extra de mistério ao caso.

“O corpo já se encontrava rígido, o que coincide com o que está sendo procurado”, relatou o capitão Maycon Cristo, do Corpo de Bombeiros.

Até o presente momento, a missão do Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2°/10° GAV) – Esquadrão Pelicano tentam localizar destroços ou vestígios da aeronave desaparecida.

Vídeo mostra decolagem do helicóptero que desapareceu misteriosamente

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Kéfera - músculos

Kéfera vira chacota com mudança radical e corpo musculoso: ‘parece o He-Man’

Yasmin Brunet

BBB 24: Yasmin Brunet já disse que uma amiga ‘se curou do câncer com meditação’