in ,

Cuide de suas crianças! Menina copia vídeo do TikTok e fica em estado grave

Ela tem 6 anos e engoliu 23 ímãs, o que levantou um alerta sobre perigo do conteúdo consumido na web

Fotos: Reprodução/Canva

Uma menina de apenas 6 anos de idade foi levada ao hospital às pressas e precisou ser operada após engolir 23 ímãs, semelhantes aos usados por jovens para imitar piercings de língua em vídeos divulgados no TikTok.

  • Se não gostar da Alexa, a Amazon devolve seu dinheiro! Experimente por 30 dias de controle por voz total em sua casa inteligente. Clique aqui e garanta.

O caso aconteceu Sussex, na Inglaterra, e levantou alerta sobre o perigo do conteúdo que as crianças estão consumindo na internet.

A menina estava brincando com os objetos na escola, enquanto criava joias para uma boneca. Contudo, no dia 12 de setembro, ela começou a sentir fortes dores de estômago. Depois de dois dias passando mal e vomitando, os pais a levaram ao Hospital Infantil Royal Alexandra.

Veja também:
Perrengue chique: criança desenha na bolsa Chanel de R$ 15 mil da mãe

Lá, a menina foi diagnosticada com apendicite e levada à sala de cirurgia para retirada do apêndice. Contudo, ao iniciar o procedimento, o cirurgião pediátrico Costa Healy encontrou um cordão de ímãs no intestino da criança e fez a retirada.

Apesar do procedimento ter sido sério e invasivo, a menina de 6 anos ficou bem e recebeu alta dias depois, na segunda-feira (20). Segundo a equipe médica, por sorte, ela não terá danos permanentes, mas poderia ter sido fatal.

A mãe da menina, chamada Tanith, informou que ela foi engolindo as peças aos poucos, ao longo de vários dias e escondida dos pais. Os ímãs causaram lesões no intestino da filha, que começou a sentir muita dor e só então recebeu atendimento médico.

Os pais ainda encontraram outros ímãs no quarto da criança. O cirurgião do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, sigla em inglês) disse que os ímãs erampotencialmente fatais“.

Em entrevista à BBC, Tanith fez um alerta aos pais sobre o tipo de conteúdo que as crianças estão acompanhando nas redes sociais.

“Quero alertar os pais sobre os perigos de seus filhos brincarem com ímãs. Quero reforçar o quão perigosos esses ímãs realmente são”, disse ela em trecho da entrevista.

Ainda de acordo com informações divulgadas pelo NHS, pelo menos 65 crianças foram internadas para cirurgia urgente nos últimos três anos no Reino Unido, após engolir esses ímãs.

Veja também:
Criança brasileira é vítima do Homem-Pateta e família se desespera

Sobre o TikTok

O TikTok, o aplicativo do momento, foi criado na China e se popularizou no Brasil graças – em parte – à pandemia do coronavírus. Com o lema de “as tendências começam aqui”, mas com público majoritariamente infantil, a rede social é bastante polêmica.

Com promessas de fama, sucesso e até dinheiro, o conteúdo publicado pelos jovens não sofre nenhum tipo de curadoria e gera situações problemáticas – como a descrita nessa matéria.

O app chegou ao mercado chinês em 2016, mas em 2018, ao se fundir com o antigo app Musical.ly, ficou disponível para todo o mundo.

Com ele, é possível fazer vídeos em looping ou dublagens curtas, gerando momentos engraçados que começaram a ser compartilhados em várias outras redes sociais.

Ainda em 2020, o aplicativo foi alvo de outra polêmica, após o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçar bani-lo, para evitar que a China o usasse como fonte de informações e espionagem.

  • Se não gostar da Alexa, a Amazon devolve seu dinheiro! Experimente por 30 dias de controle por voz total em sua casa inteligente. Clique aqui e garanta.

Chef Bel Coelho engole fone de ouvido após achar que era comprimido

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

carro despenca

Carro despenca do 3º andar de concessionária e deixa 3 pessoas feridas

Suzane Von Richthofen - Filmes

Suzane Von Richthofen vai ganhar algum dinheiro pelos filmes sobre ela?