in ,

PC Siqueira: depoimento da ex-namorada ajuda polícia a entender morte

Ao perceber tentativa do youtuber de tirar a própria vida, Maria Watanabe ainda tentou salvá-lo

Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Na zona sul de São Paulo, uma história de luto e mistério se desenrola com a morte do influenciador digital PC Siqueira, aos 37 anos.

[Alerta de gatilho]: Este texto contém informações sobre suicídio e pode oferecer gatilhos para quem tem depressão e/ou tem ideias suicidas. Para as pessoas que querem e precisam conversar, o CVV (Centro de Valorização da Vida) oferece apoio emocional e prevenção do suicídio por meio do telefone 188, além das opções por chat e email.

O trágico desfecho ocorreu em seu próprio lar, onde foi encontrado sem vida.

As declarações que cercam esse adeus foram parcialmente esclarecidas pelo testemunho de Maria Watanabe, ex-namorada do youtuber, e agora são investigadas pelo 11º Distrito Policial de Santo Amaro, conforme detalhado pelo jornal ‘Metrópoles’ e confirmado pelo ‘O Globo’.

Maria, que presenciou os últimos momentos de PC, encerrou um relacionamento de cerca de um ano com o criador de conteúdo recentemente. Eles estavam morando juntos.

Em seu depoimento, ela trouxe à tona os eventos daquela tarde fatídica de quarta-feira (27) em que PC Siqueira tirou a própria vida.

Segundo Maria, o youtuber passou essa quarta-feira (27) dopado com grandes quantidades de medicamentos e drogas. No final da tarde, PC tirou a própria vida na frente da namorada, no apartamento em que morava, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.

No coração de um caso que chocou seguidores e curiosos, o depoimento do ex-companheira de PC Siqueira trouxe à luz detalhes cruciais para o entendimento dos acontecimentos que antecederam um episódio trágico.

Maria Luiza revelou informações impactantes sobre os dias que precederam o incidente, marcadas por um aumento significativo no consumo de medicamentos controlados, álcool e cocaína.

A crise se agravou notavelmente dois dias antes do ocorrido, imediatamente após o término do relacionamento do casal.

Segundo Maria Luiza, PC já havia demonstrado comportamentos autodestrutivos em outros momentos. O relato dela, detalhado e perturbador, foi peça chave para que as autoridades começassem a desvendar nas horas que antecederam o incidente.

Veja também:
E pode? Rafa Justus surpreende ao fazer rinoplastia aos 14 anos de idade

“No dia 26 de dezembro, a vítima tomou duas caixas de rivotril e usou grande quantidade de cocaína, […] na presente data, a vítima passou o dia dopada em função do efeito dos remédios; […] fez novamente uso de cocaína e , com isso, passou a ficar agitado e agressivo, documenta o registro da ocorrência, evidenciando a espiral de consumo e a consequente alteração comportamental.

A tentativa de Maria Luiza de intervir e prevenir um desfecho ainda mais trágico é um relato de coragem e desespero.

Ela falou sobre o quanto para conter PC, que, sob o efeito das substâncias e em estado agressivo, a repelia com força. O momento de pânico se intensificou quando ela viu que a vida dele estava em risco iminente, levando-a a buscar ajuda em meio ao caos.

Maria contou que estava deitada no sofá da residência de PC quando o viu atentanto contra a própria vida, em frente ao quarto.

Ela tentou evitar o possível suicídio. Percebendo que não conseguiu evitar a ação, ela correu e pediu ajuda.

A ex-namorada do youtuber, então, retornou ao cenário do ocorrido, acompanhada por autoridades e entes queridos de PC, saindo mais tarde, à noite, levando objetos pessoais e, possivelmente, memórias dolorosas.

PC já vinha dando indícios de não estar nada bem

Uma gravação divulgada por PC no YouTube uma semana antes do ocorrido revelou seu estado fragilizado, lutando novamente contra a depressão, um mal que já havia acontecido anteriormente.

Parentes e amigos próximos, como a tia Lau, relembram o youtuber como uma pessoa admirável e afetuosa, mas profundamente afetada pela depressão, um fato que ele mesmo não escondia de seu público e da mídia.

No início do mês de dezembro, Maria Watanabe pediu orações aos fãs de PC pelo bem-estar dele, pois o youtuber não estava passando por um bom momento.

Apenas três dias antes de se matar, o youtuber de 37 anos fez uma última publicação no Instagram para desejar Feliz Natal aos mais de 500 mil seguidores.

No vídeo, o digital influencer falava com as pessoas que se sentiam sozinhas nessas datas festivas, assim como ele.

Veja também:
Angela Ro Ro relembra namoro com Zizi Possi, que teve fim conturbado

“Feliz Natal para você que não tem família, não tem muitos amigos ou não tem grana para fazer festa. Você não está sozinho”, legendou PC Siqueira.

“Quero desejar um Feliz Natal pata todo mundo. Principalmente para as pessoas, que assim como eu, não vão comemorar e vão passar como se fosse qualquer dia. Então, Feliz Natal solitário para vocês e Feliz Ano Novo solitário para vocês também. Estamos juntos. Não estamos sozinhos”, disse o youtuber na ocasião.

Confira o vídeo publicado por ele três dias antes de morrer:

Quem foi PC Siqueira?

Nascido em Guarulhos, Paulo Cezar Siqueira, mais conhecido como PC Siqueira, foi um marco no universo digital brasileiro. Pioneiro dos videoblogs em 2010, criou o canal ‘Mas Poxa Vida’ no YouTube, transformando-se em uma figura emblemática da internet.

Com características físicas marcantes como estrabismo, baixa estatura e magreza, PC usou suas experiências de infância, marcadas por bullying e refúgio no mundo dos videogames e quadrinhos, para moldar um conteúdo humorístico e frequentemente controverso que cativou milhares online.

Conhecido por sua ironia e sarcasmo, PC não hesitava em desafiar convenções, especialmente quando se tratava de religião e cultura pop.

Seu ateísmo declarado e críticas a ídolos como Justin Bieber e produções como ‘Crepúsculo’ eram apenas algumas das maneiras que provocavam e entreteriam seu público.

Um nerd se fortaleceu, adornando seu corpo com tatuagens de ícones dos jogos eletrônicos, afirmando que essas eram marcas de sua jornada pessoal.

A influência de PC Siqueira não se limitou ao YouTube. Em 2010, sua singularidade o levou a ser indicado e premiado em diversas categorias do ‘Video Music Brasil‘ da MTV e do prêmio ‘Os Melhores da Websfera‘.

Essa notoriedade o catapultou para o papel de garoto-propaganda e para as telas de televisão com programas próprios na MTV Brasil e participações em outros canais, destacando-se por sua abordagem única e carismática.

Acontece que o sucesso de PC Siqueira não permaneceu o mesmo com o longo dos anos. Ele foi se tornando menos popular, saindo dos holofotes, e isso mexeu profundamente com suas emoções, segundo declaração de uma familiar próxima.

Veja também:
91 anos de Silvio Santos: relembre 8 declarações controversas do apresentador

Apesar do sucesso, PC não escondia seus desafios com a saúde mental. Em 2016, ele escreveu sua luta contra a depressão, ansiedade e síndrome do pânico por meio da obra ‘PC Siqueira está morto‘, escrito em parceria com o jornalista Alexandre Matias.

Este livro, um híbrido entre realidade e ficção, oferece um olhar íntimo sobre seus pensamentos mais profundos, medos e experiências, consolidando ainda mais sua imagem de uma personalidade complexa e profundamente humana.

Em 2020, PC Siqueira foi investigado por pedofilia após ter tido, supostamente, uma conversa com conotação sexual com uma criança de 6 anos nas redes sociais. Contudo, a polícia não encontrou provas que comprovassem o crime nos aparelhos eletrônicos de PC.

Mesmo assim, ele foi extremamente criticado e sofreu os efeitos do “cancelamento na web” – o que também o abalou muito.

Internautas criticam Cauê Moura e Rafinha Bastos

Algumas pessoas começaram a criticar Cauê Moura e Rafinha Bastos por terem se afastado de PC Siqueira. O influenciador e o comediante tinham um canal com PC antes das acusações de pedofilia explodirem na mídia.

“Sempre fui seu fã, mas acredito que nessa situação tanto você quanto o Cauê poderiam ter feito algo, disse um rapaz a Rafinha Bastos na web.

Você e o Cauê têm culpa. O cara foi inocentado e não estenderam a mão para um companheiro”, comentou outra pessoa. “Amigo da onça. Soltou a mão de um amigo”, disse mais um.

Não adianta ficar julgando Cauê Moura e Rafinha Bastos agora que o PC está morto. Sejam honestos, se eles tivessem ficado ao lado do PC quando tudo aquilo explodiu, a internet faria com eles o mesmo que fez com PC”, declarou outro internauta sobre a questão delicada.

Rafinha Bastos e Cauê Moura
Foto: Reprodução/Redes Sociais

PC Siqueira morreu na frente da ex-namorada, afirma site

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

PC Siqueira e ex-namorada

PC Siqueira morreu na frente da ex-namorada, afirma site

Gypsy Rose - foto

Gypsy Rose, que matou a mãe após uma vida de abusos, vai sair da cadeia em breve