in ,

Gabriela Pugliesi vê ‘lado positivo’ no coronavírus e é amplamente criticada na web

Blogueira foi acusada de elitismo ao escrever que a sociedade encontrou a ‘igualdade social’ em meio à pandemia

Fotos: Reprodução/Instagram

A musa fitness Gabriela Pugliesi está em quarentena desde a semana passada, após ser diagnosticada com a Covid-19. Em meio a este momento em que a ordem é manter-se em casa, a influenciadora decidiu escrever um texto sobre a pandemia, e, claro, compartilhou com seus seguidores no Instagram.

Veja também:
O que rolou no casamento da irmã de Pugliesi, que foi foco de coronavírus?

Pugliesi acredita que há um “lado positivo” na disseminação do coronavírus que tem preocupado autoridades em todo o mundo. Contudo, ela foi muito criticada por internautas por “romantizar” a situação e acabou apagando a publicação.

A blogueira contraiu a doença (assim como a cantora Preta Gil, a atriz Fernanda Paes Leme e toda a família do modelo Mateus Verdelho) no luxuoso casamento de sua irmã, Marcella Minelli, na Bahia, no último dia 7 de março. Um dos convidados, que havia passado um tempo nos Estados Unidos, trouxe o vírus e infectou várias pessoas.

“Algo invisível chegou e colocou tudo no lugar. De repente os combustíveis baixaram, a poluição baixou, as pessoas passaram a ter tempo, tanto tempo, que nem sabem o que fazer com ele. Os pais estão com os filhos, em família. O trabalho deixou de ser prioritário, as viagens e o lazer também”, iniciou a reflexão.

“De repente silenciosamente, voltamo-nos para dentro de nós, para entendermos o valor da palavra solidariedade. Num instante damos conta que estamos todos no mesmo barco, ricos e pobres, que as prateleiras dos supermercados estão vazias e os hospitais cheios e que o dinheiro e os seguros de saúde, que o dinheiro pagava, não têm nenhuma importância, porque os hospitais privados foram os primeiros a fechar”, continuou.

Veja também:
Gabriela Pugliesi relata piora nos sintomas da Covid-19: 'tem que ter paciência'

“As garagens e parques estão parados, igualmente os carros top de linha ou ferro velhos antigos, simplesmente porque ninguém pode sair. Bastaram meia dúzia de dias para que o universo estabelecesse a igualdade social, que se dizia ser impossível novamente. O medo invadiu todos. Que isto sirva para nos darmos conta da vulnerabilidade do ser humano. Não se esqueçam, Bastou meia dúzia de dias”, finalizou Gabriela Pugliesi.

A postagem repercutiu bem mal nas redes sociais. “Em que mundo, a Pugliesi vive?”, questionou um internauta.

“A vida não é esse mar de rosas, não! Firmas pequenas vão quebrar, comércios vão fechar, por irresponsabilidade e egoísmo de gente com dinheiro que fez viagem ao exterior a lugares infectados, não tomou as devidas precauções e saiu transmitindo esse vírus pra toda população!”, disse outro.

“Bonita reflexão, mas elitista. Falta água, falta dispensa do trabalho, falta oportunidade de fazer o teste, falta dinheiro pra se bancar na quarentena… Falta tanta coisa neste Brasil pra gente chamar de igualdade social, né?”, afirmou mais um.

Veja também:
Casais famosos adiam festas de casamento graças ao coronavírus

Comente com o Facebook
tiago leifert

Tiago Leifert e Patrícia Kogut protagonizam barraco em público na internet

suspeita de coronavírus

Estas 8 celebridades estão com suspeita de coronavírus e aguardam resultados